sábado, 20 de dezembro de 2014

Opinião: "Maybe This Christmas"

www.wook.pt/ficha/maybe-this-christmas/a/id/15855850?a_aid=4e767b1d5a5e5&a_bid=b425fcc9
Autores: Sarah Morgan
Série: O'Neil Brothers #3
Editor: Harlequin
Edição/reimpressão: Outubro de 2014
ISBN: 9780373778980
Páginas: 384
Origem: Requisitado no NetGalley

Sinopse: This winter, ex-skiing champion, reformed heartbreaker and single dad Tyler O'Neil has only one mission—making sure his daughter, Jess, has the best Christmas ever. The fact that his best friend, Brenna, is also temporarily moving into his chalet at the overbooked Snow Crystal resort is a delicious distraction he's simply going to have to ignore. Theirs is the one relationship he's never ruined, and he's not about to start now.

Ski pro Brenna Daniels knows all about the perils of unrequited love—she's been in love with Tyler for years. But living with him is absolute torture…how can she concentrate on being his friend when he's sleeping in the room next door? Then when Tyler kisses Brenna, suddenly the relationship she's always dreamed of feels so close she could almost touch it. Could this be the Christmas her dreams of a happy-ever-after finally come true?


A minha opinião: E chega ao fim a série que mais gostei de ler este ano. Desta feita a história é focada no mais novo dos irmãos O'Neil, o Tyler, antigo campeão de esqui e forçado a desistir da sua carreira devido a uma lesão decorrente de uma queda, e que trabalha agora como instrutor no resort da família. A boa notícia é que finalmente tem a sua filha Jess a viver com ele e a relação de ambos está melhor que nunca.

Porque está determinado em ser um bom pai e um bom modelo para a filha, Tyler, cuja fama de destruidor de corações é lendária, tem-se abstido de relações no último ano, mas agora é a própria Jess que parece determinada em arranjar uma namorada para o pai. E como se isso não bastasse, a sua melhor amiga, Brenna Daniels, vê-se forçada a mudar-se para a sua casa, o que faz com que as suas tentativas para não reparar nela, sejam cada vez mais difíceis...

Brenna sempre foi apaixonada por Tyler, mas ele sempre a viu apenas como uma amiga, como um dos rapazes. E Brenna sofreu em silêncio todos esses anos, vendo-o mudar de parceira como quem muda de camisa e nunca reparando nela. Mas como é que vai conseguir aguentar agora a proximidade que viver na mesma casa implica? Brenna sabe que nunca será mais do que uma amiga para Tyler, e é por isso que não consegue explicar a reacção dele quando descobre que ela tem um encontro. Seguramente não podem ser ciúmes, pois não?

À medida que a tensão sexual entre ambos vai escalando, Brenna resolve finalmente questões do passado que nunca havia conseguido superar e Tyler, com a ajuda de Brenna e de Jess, ultrapassa, finalmente, o facto de já não poder competir. Mas Brenna sabe o que acontecerá se cederem à atracção: nunca poderão voltar a ser amigos como dantes, e as relações do Tyler são sempre breves, o que significa que Brenna terá de deixar Snow Crystal, o lugar em que se sente em casa...

Foi um final que não desiludiu! Já suspeitava que iria gostar muito da história do Tyler e da Brenna, e confirmou-se. São um casal tão fofinho e complementam-se tão bem! Adorei o final que a autora reservou para eles. E adorei a interferência do resto da família, especialmente dos mais recentes membros, a Kayla e a Élise, as noivas dos irmãos do Tyler. Vou ter saudades desta família...

Classificação: 4

-------------------------------------------------------------------

Este livro conta para o Desafio 2014 Netgalley & Edelweiss Reading e Monthly Motif Challenge 2014 (It's a Wrap)


Classificação natalícia:
 

Sem comentários:

Publicar um comentário