sábado, 4 de fevereiro de 2017

Opinião: "Stealing Christmas"

Autor: Alexa Riley
Edição/reimpressão: Novembro de 2016
ASIN: B01MSSJ5TC
Páginas: 116

Sinopse: Christmas Winter is lucky she loves this time of year, because her name didn’t give her much of a choice. She’s always bubbly and happy. So when she takes a job as an elf in the mall, she’s excited to spread some cheer. But Christmas could never expect what happens when she catches the eye of a stranger.

Nicholas Light owns everything he sees, and when his eyes land on the new elf in his mall’s Santa exhibit, he knows she’s no different. There’s something about her sweet innocence that he has to have, and he’ll concoct a plan to make that happen.

Warning: Grab your jingle bells and swing them over your head… This holiday quickie is gonna light up your Noel. Okay, none of that made sense. But it sounded festive, right? This book is adorable, and you’ll love it. Just don’t get tinsel stuck in the wrong places. Trust us.

SURPRISE! We've included Snow and Mistletoe as our gift to you! Stealing Christmas ends around 50% and enjoy this holiday favorite right after. 

A minha opinião: Comprei Stealing Christmas por causa da capa. Quantas vezes é que uma história tem uma protagonista gordinha e a capa reflecte isso? E ainda por cima, reflecte que a história se passa no Natal? A sinopse também ajudou. Como é que eu podia resistir a uma história cujos protagonistas se chamam Christmas Winter e Nicholas Light? Infelizmente talvez tivesse as minhas expectativas demasiado elevadas, pois não gostei tanto como estava à espera de gostar...

Christmas trabalha num centro comercial e na época natalícia ela faz de ajudante do Pai Natal. Esta é a altura do ano mais complicada para ela, apesar de a adorar, porque não tem família e, como o cento comercial fecha, tem de passar o Natal sozinha. Felizmente, este ano foi contratada para ir, vestida de ajudante do Pai Natal, à festa de Natal do patrão.

Nicholas é um recluso. Ele herdou os negócios do pai, incluindo o centro comercial onde Christmas trabalha. Ele é um homem que tem tudo, excepto um herdeiro. Mas conhecer uma mulher quando não se sai de casa não é propriamente fácil... Até que um dia, ao fazer uma observação de rotina aos seus negócios, vê Christmas numa das câmaras de segurança do centro comercial. E apaixona-se por ela. E tem um plano: dar uma festa de Natal em sua casa, arranjar maneira de ela estar presente (não é difícil, ela trabalha para ele) e mantê-la consigo para sempre.

Este foi o meu grande problema com a história. O plano dele é mantê-la refém em casa dele até que ela se apaixone por ele. A sério? Há um motivo porque eu nunca fui muito à bola com a Bela e o Monstro, mesmo que ele tenha uma biblioteca de sonho. Síndrome de Estocolmo não é sexy, minha gente...

Mas já se sabe, nestas histórias parece resultar. A verdade é que a Christmas se deixa encantar por ele, embora crédito lhe seja devido, ela apaixona-se pelo homem que lhe faz todas as vontades (como não fechar o centro comercial e mandar todos os amigos dela para o desemprego) e não pelo dinheiro ou posses dele.

Provavelmente não sou o público certo para esta história, porque não acredito em histórias em que o protagonista é reformado pelo amor de uma boa mulher. E tenho pouca paciência para "heróis" perseguidores e dominadores. Mas gostei da Christmas. Ela é uma boa protagonista, inocente e solitária, mas esperançosa e optimista. Ela merecia melhor...

Classificação: 3



Título: Snow and Mistletoe
Autor: Alexa Riley
Edição/reimpressão: Dezembro de 2015
ASIN: B01990D46
Páginas: 63

Sinopse:  Noelle's voice has captivated Alex, and she's become his greatest obsession. Since he hired her to read audiobooks, listening to her is the only thing that makes his lonely world bearable. Thank God she's never seen him. His scars would only scare her away. 

Alex has starred in every fantasy Noelle's had since she first heard his voice over the phone, and reading erotica samples to him only fuels her desire. Listening to him on the other end of the phone is the best part of her day, and she's willing to do anything to please him. 

On Christmas Eve a storm comes through, sending Noelle in search of her reclusive boss. Once she's at his cabin with no place to go, there's only one way to keep warm. 

Warning: This is the sweetest, cheesiest, most Christmassy book ever! It's filled with late-night confessions, dirty deeds, and a lifetime of love. If you love this time of year, I've got some cheer for you!

A minha opinião: Snow and Mistletoe é uma história bónus incluída nesta edição de Stealing Christmas e, na verdade, foi a minha história preferida. E a história até acaba por ser parecida, uma outra variante do conto da Bela e do Monstro. A diferença é que o monstro aqui é fofinho e não é arrepiante...

Noelle faz narrações para audiolivros. E actualmente trabalha em exclusivo para Alex Lockwood, fazendo narrações de livros eróticos. O que inclui telefonemas diários em que lhe lê excertos dos livros que se encontra a gravar.

Apesar de nunca se terem visto, Noelle fantasia com a voz do patrão, imaginando que a respiração pesada dele quando a ouve a ler ao telefone é a respiração dos heróis das histórias que lê.

Mas não é a única a fantasiar. Alex apaixonou-se pela voz dela de tal forma que a contrata para ler livros eróticos, mas guarda as gravações para si, utilizando outras colaboradoras para a versão que chega ao mercado. Ele vive em reclusão numa cabana no Montana depois do acidente que o deixou coberto de cicatrizes. E ele sabe, pela foto no currículo dela, que ela é linda. Por isso contenta-se em ouvir a sua voz.

Contudo, na véspera de Natal, o mau tempo faz com que Noelle não tenha internet e não lhe consiga mandar a gravação do seu mais recente trabalho, como combinado. E decide ir até casa dele para lho entregar pessoalmente. Mas se for realmente sincera, não é apenas brio profissional que a motiva. O facto de ter uma desculpa para finalmente conhecer Alex em pessoa é também um grande incentivo.

E quando lá chega, mesmo antes de uma tempestade que a força a ficar lá, conseguirá ela convencê-lo que vê para lá das suas cicatrizes? E o que acontecerá quando ela descobrir a decepção dele?

Gostei mesmo muito. Aqui, o "monstro" pode ter acções questionáveis, mas não é perseguidor nem arrepiante. E, pela vontade dele, ela nunca o teria visto. Mas a Noelle é fantástica e só vê o homem cuja voz é titilante e não se deixa intimidar pelas cicatrizes.

É um belíssimo conto de Natal, com dois protagonistas imperfeitos, mas perfeitos um para o outro. Muito bom!

Classificação: 4

-------------------------------------------------------------------

Sem comentários :

Enviar um comentário