segunda-feira, 11 de novembro de 2019

#COYER Winter with Friends


The last ones went a lot better, so I'm signing up again... Sign up too over at the COYER Challenge page.

The challenge goes from December 1st to March 7th.


The Rules

  1. Read Your E-Reads! Every book you read MUST be in an electronic format – meaning E-Book or Audiobook. It’s okay to start a book before December 1st, you must be less than half way for it to count then review it during COYER.
  2. The books must be FREE or NEARLY FREE! This includes review books, tour books, NetGalley, Edelweiss, etc. What’s nearly free? No more than $2 for eBooks and no more than $5 for Audiobooks (or the equivalent in your currency). Library books, borrowed books, or Kindle Unlimited books do not qualify for this COYER.
  3. Announce your participation! This can be a blog post (or if you don’t have a blog – Facebook, Twitter, Google+, Booklikes, Goodreads, Shelfari, etc.) If you want to list books you would like to read, that’s great, but not necessary. The point is to let us know you’re committed to COYER, maybe share some goals, and help us spread the word. Not sure how to do your post? Check out this example from a previous COYER.
  4. Make a book recommendation on your sign-up post! This is new, but super easy. When you write your sign up post (#3 above), recommend 1 book that you think everyone should read. It doesn’t matter if it’s recent or decades old. Genre, length, format… none of it matters.
  5. Link up! Link that post (not just your blog homepage) to the linky below.
  6. Review & Link Reviews! Your review may be on your blog, Goodreads, Shelfari, Booklikes, etc. Link the review to the Review Linky (which will be available on the kick off post on December 1st).
  7. Visit Each Other, Chat & Have Fun!


#COYER with Friends


COYER with friends is essentially a buddy reading challenge. For a book to count for COYER with Friends points, you have to pick another COYER participant to Buddy Read it with. Let us break it down for you.


Buddy Reading

  1. Pick a COYER participant to buddy read a book with. This means you read it at the same time and talk about it. You can read as many books at the same time as you’d like, but you can only read 2 books per buddy.
  2. There are NO price or format requirements for books you buddy read. They can be physical books, library books, KU books, etc. If they meet the COYER requirements, when you review them they can also go on the review linky. If they don’t meet COYER guidelines, the review links only go on the rafflecopter.
  3. Review the books! Same as with regular COYER, we want to see a review. In the review, list your buddy with their number on the sign-up linky and the rating they gave the book (feel free to do some back and forth chatting or buddy reviews too!).


Recommended Reading


Remember how we asked everyone to recommend one book that they think everyone should read in their sign-up post? Here’s why… when you read a book that was recommended on someone’s sign-up post, you get an entry in the COYER with Friends Rafflecopter. It’s okay if these books don’t meet the Winter COYER requirements. But if they happen to be free/nearly free and eBooks/audiobooks, go ahead and add them to the review linky as well!


Read-a-thons

We will have four read-a-thons this time and every read-a-thon you participate in will earn you another entry in the COYER with Friends Rafflecopter. To participate in a read-a-thon:
  1. Be sure to announce your participation in the Facebook post for that read-a-thon (up the day before the read-a-thon begins)
  2. Read at least one qualifying book
  3. Report your results in the Facebook post for that readathon (up the day the read-a-thon ends)
So mark your calendars to participate in as many or as few read-a-thons as you’d like. All Read-a-thons books are exempt from COYER rules. Read whatever format or price you’d like 😉
  1. FFS, I suffer from FOMO! This read-a-thon (FFS= For F*cks Sake & FOMO= Fear of Missing Out) is about reading those books you wanted to read this year but didn’t get around to and runs December 15th – 28th
  2. Honoring Lost Friends. This read-a-thon is in honor of Tiffany and Grace, good blogging friends lost this year to cancer. In honor of them, pick a book from their TBR or Read Shelves on Goodreads (Tiffany’s book list & Grace’s book list) January 5th – January 11th.
  3. Buddy Read. Maybe you’re not feeling up to the challenge of doing lots of Buddy Read books, but you want to get in on the fun for a bit. Join us January 19th – February 8th to buddy read a book or two.
  4. Read Their Book! Read a book from a COYER Participant’s (aka a friend’s!) to-be-read shelf February 16th – February 27th.

domingo, 3 de novembro de 2019

Opinião: "American Squire"

Autor: Sierra Simone
Série: New Camelot Trilogy #3.6
Formato: Audiolivro
Narrador: Guy Locke
Editor: Read Me Romance
Edição/reimpressão: Maio de 2019
Páginas: 56


Sinopse: Former presidential aide Ryan Belvedere has been drifting in a fog of misery ever since his president was killed, but he reluctantly agrees to do a favor for a friend—fetching a rare book from a crumbling manor house in England. There he meets Sidney Blount—cold, sophisticated, Dominant—who’s at the same house to appraise the family art. It doesn’t take Sidney long to appraise Ryan too, and decide exactly what Ryan needs. Which just so happens to be the one thing Sidney wants to give…


A minha opinião: American Squire é uma novela que finaliza uma série e começa outra. E como eu quero ler ambas!

Não tendo lido a série que finaliza senti-me um bocadinho perdida, mas a história é-nos contada do ponto de vista de Ryan Belvedere, que foi acessor do presidente dos Estados Unidos até que este foi assassinado. Também era apaixonado por ele, mas não me parece que fosse correspondido. Anda, naturalmente, perdido, e aceita fazer um favor a Merlin (esta é uma Nova Camelot): ir a Thornchapel, uma antiga casa senhorial em Inglaterra, recuperar um antigo e valioso livro. Aí, Ryan conhece Sidney Blount, responsável por avaliar as obras de arte da casa, e a atracção entre ambos é imediata.

Sidney é mais velho, distante, sofisticado e claramente dominante e tudo o que Ryan nem sequer sabia que queria. Mas Sydney não faz nada pela metade e exige a total e completa submissão de Ryan, que já antes deu tudo de si tendo recebido muito pouco em troca. Será ele capaz de arriscar novamente?

Uau! A química entre estes dois é explosiva! E ouvir as cenas entre eles é uma experiência que, definitivamente recomendo... Só tenho pena que não tenhamos o ponto de vista do Sidney...

Já comprei o ebook para reler depois de ler a trilogia New Camelot!


Classificação: 4

sábado, 2 de novembro de 2019

Balanço Mensal (Outubro 2019)

Fonte

Em Outubro terminei The Forgotten de Heather Graham e li Come Monday de Mari Carr, Sparking the Fire de Kate Meader, Waltz of Seduction de Natasha Blackthorne, Damaged Goods de Lauren Gallagher e Learn My Lesson de Katee Robert. Também terminei o audio-livro Evermore de B.B. Reid e ouvi The Virgin Roommate de Alexa Riley, The Duke's Twin de Lauren Smith e comecei um quarto, The Midnight Bride de Kati Wilde.



Gostei de todos, mas o meu favorito foi, sem qualquer dúvida, Learn My Lesson de Katee Robert.

As opiniões ainda estão em atraso, mas lá vão aparecendo...

E a lista de livros resultou, por isso voltei a fazer uma para Novembro:




Em Outubro só comprei um livro:



Mas recebi estes três em troca de uma opinião sincera:



E este ganhei-o num passatempo do podcast Read Me Romance:









2019 Reading Challenge


Uma vez que já vou nos 73 livros lidos, vou ter de actualizar o desafio outra vez...



Desafio Serial Killer 2019



Li mais dois livros do cartão, o que faz um total de 18 livros lidos:
  • The Forgotten de Heather Graham, #Krewe_of_Hunters
  • Sparking the Fire de Kate Meader, #Hot_in_Chicago


Goodreads recomenda 2019


Em Outubro voltei a não ler o livro deste desafio. Vamos ver como corre em Novembro...





Bingo Profissão do Herói 2019


Preenchi mais três casas do quadro: Professor, Bombeiro e Acompanhante. Só me falta uma casa para fazer Bingo...




Kimberly Kincaid 2019 Reading Challenge


Em Outubro o desafio era an opposites attract romance. Infelizmente, nenhuma das minhas leituras  do mês se enquadra...

Para Novembro o tema é read a book everyone's been raving about. Parece-me que vou voltar a falhar...

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Opinião: "The Persuasive Love of a Libertine"

Autor: Jane Lark
Série: Marlow Intrigues #4.75
Edição/reimpressão: Agosto de 2016
ASIN: B01JK9R32O
Páginas: 138


Sinopse: Jealousy and longing are cruel emotions when the woman you crave is your friend’s. But there is disloyalty; then there is love…

Harry Webster has coveted his friend’s fiancée for months; then their engagement ends and he finally has a chance to pursue his interest. But how can Harry earn Emily’s trust when her heart has been broken?

Emily’s beliefs are bruised and battered, but she has learned her lesson—she will not betroth herself to another man like Peter—she will never be used again.


A minha opinião: E, obviamente, tive de ler a continuação logo de seguida... The Persuasive Love of a Libertine começa logo após o final de The Jealous Love of a Scoundrel. Peter terminou o noivado com Emily e casou-se com Lillian, tendo-se refugiado com ela no campo. Harry Webster, seu amigo, não o perdoa pelo que ele fez a Emily, mesmo que isso signifique que ele tem, afinal, uma chance com ela...

É que Harry encantou-se por Emily desde que a conheceu, mas como Peter demonstrou interesse nela, ele nunca tentou nada. Afinal, Peter tinha muito mais para oferecer a Emily, um título e uma fortuna muito superior à sua... Como poderia ele competir?

Mas, ainda antes de decidir o que irá fazer, ele tenta oferecer a sua amizade a Emily e descobre que ela não quer nada com ele nem com qualquer outra pessoa remotamente ligada a Peter (incluindo Mary) e refugiou-se com os pais na sua propriedade no campo. Ela decide nunca mais confiar em homens como Peter, libertinos, mas quando Harry aparece determinado a conquistá-la e a provar-lhe que pode confiar nele, ela começa a sentir coisas que nunca sentiu por ninguém, nem por Peter... E os beijos que trocou com Peter nem se comparam aos que Harry lhe rouba atrás da árvore do quintal da casa dos pais dela...

Gostei tanto da história destes dois! Já tinha dado para perceber o que ele sentia por ela nos livros anteriores da série, mas vê-lo parar de lutar contra o que sente e arriscar tudo foi tão bom! E também gostei da forma como a Emily agarrou as rédeas da sua vida. Estes dois são tão perfeitos um para o outro! E adorei rever o Drew e a Mary e quão apaixonados continuam a estar um pelo outro!

Só espero que a autora escreva uma história para o Mark, o único do grupo ainda não afectado pelo cupido...


Classificação: 4

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Opinião: "The Jealous Love of a Scoundrel"

Autor: Jane Lark
Série: Marlow Intrigues #4.5
Edição/reimpressão: Agosto de 2015
ASIN: B014OEF1FG
Páginas: 75


Sinopse: How do you fight a calling that comes from your soul?

Lillian is in love with her charming protector. He brings her gifts and gives himself to her at night, but she knows nothing of his days; all she knows is that with Peter visiting her she is happier than she has ever been. The way he touches her and treats her is so different from other men.

Emily is excited, hopeful and expectant, waiting on the moment that everything seems to be leading towards. Lord Peter Brooke has courted her for a year; she is awaiting his proposal, certain it will come very soon, and everything he does indicates that it will.

Peter is torn; his soul is seeking one thing, but his mind wants another, and what about his heart? Where does his heart lie?


A minha opinião: No livro anterior da série já ficámos a conhecer o Peter e a Emily, amigos do casal protagonista desse livro, o Drew e a Mary. Ainda nesse livro, o Peter começa a cortejar a Emily como forma de facilitar o acesso do Drew à Mary e, agora, todos esperam que ele a peça em casamento, incluindo a própria.

O problema é que ele tem uma amante, uma actriz chamada Lillian e, por mais que saiba que tem de terminar tudo com ela e que deve casar-se com a Emily, como todos esperam que faça, ele não consegue esquecer Lillian... Numa batalha entre a razão e o coração, qual será o vencedor?

Devo confessar ter ficado um bocadinho desiludida com o Peter... Eu percebo que estivesse confrontado com uma escolha impossível, mas achei que a forma como ele tratou a Emily foi desnecessariamente cruel. Mesmo que não tivesse sido essa a sua intenção. E o seu amigo Harry também achou...

Ainda assim, a autora escreve muitíssimo bem e continua a manter-me presa às suas palavras e ansiosa por saber o que reservou para os seus personagens. Muito bom!


Classificação: 3

domingo, 27 de outubro de 2019

New Release: Waltz of Seduction by Natasha Blackthorne ~ A Steamy Regency Novella

https://www.amazon.com/Waltz-Seduction-Steamy-Regency-Novella-ebook/dp/B07Y6M312Y 


It all started with a daring red ball gown…

Shy common-born Sara wants to seduce her husband. Her handsome, noble-born husband wants only to teach her how to waltz. But who knew a waltz could be so naughty?






https://www.goodreads.com/book/show/48274725-waltz-of-seduction






Lord Lockhart loves his new bride. Yet he also knows that a gentleman doesn't inflict his passionate desires on a wife. The marriage bed is for begetting heirs, not animal lust. No matter how much he desires his wife. But under Lady Lockhart's shyness is a determination to tempt her handsome husband, to satisfy them both and spend every night together in her bed.

Innocent waltzing lessons in their chambers soon become passionate, and may lead the newlyweds to overcome their preconceptions and learn to be lovers, as well as man and wife.

A Message from Natasha Blackthorne: 


Dear Readers, 

On May 20, 2011, I made my debut as a published author with Waltz of Seduction through Ellora’s Cave under their Quickies® line. Now I am re-releasing this short novella. I hope you enjoy this short story for what it is, a snapshot of one moment of time between a young misinformed husband and an innocent and shy but eager young wife. The heat level is Scorching Hot Romance and it contains some sensual bondage.




 
ALL RIGHTS RESERVED
Waltz of Seduction
Copyright © 2011 Natasha Blackthorne

Alarm accelerated her heartbeat and she glanced up at him. "What are you doing?"

"Trust me." He moved behind her and took both her hands. She felt him tugging and pulling.

Then he faced her. "Now we try again."

She pulled at her hands. She couldn’t move them. He had bound them together. "Colin?"

He came back to face her and clasped the sides of her waist, holding her firmly. "I will not let you fall. Do you trust me?"

"I suppose," she replied. But she worried about his state of mind. He did seem a little foxed.

He began to move, slowly. She stared down at her feet.

"Stop counting the steps." He pointed at his face. "Look me in the eyes. Feel this in your body, not your head. Trust me."

Her feet wouldn’t obey.

"In my eyes," he said.

She took a deep breath and tried to concentrate on this mysterious thing he seemed to think she would see in his eyes. He smiled at her and then she did feel something in her belly. A gushy sensation that did nothing to steady her balance. She returned his smile. He was certainly more handsome than her dancing master had been. More graceful as well. They finished the dance with a few trips and stops. Then mercifully, it was over.

They rested a moment.

"I think I have it, will you untie me now?"

"Oh no, my Lady Lockhart. That was just practice. If you trip this time, you shall owe me two waltzes at that ball."

It was an unfair edict. She felt helpless as a marionette in his arms. She didn’t know how she was expected to keep her balance.

After a time, his steady blue gaze transfixed her. She forgot about her feet and just followed him. He was right, there was something in the stomach. A feeling of connection between what she saw in his eyes and how her feet seemed to move in tune with his as if by magic. He twirled her faster and faster until she was laughing and trying to catch her breath. He slowed down and bent his mouth to her ear.

"This is waltzing. And you dance beautifully when you forget yourself." His husky voice sent shivers though her.

His lips touched hers. His tongue caressed her lower lip in feathery strokes. Her lips parted of their own volition and his tongue swept into her mouth. Hot, wet and wine tinged.

Dear sweet heaven.

He had never kissed her like this. She wanted to embrace him but he didn’t seem in a hurry to release her from her bonds. Maybe she should ask. But then, Priscilla said men didn’t like to be directed in the bedchamber.


Waltz of Seduction was Natasha Blackthorne's debut romance and is now being re-released. It's a very sweet and steamy novella about a married couple, Lord and Lady Lockhart.

Colin Lockhart may love his wife, but he knows a husband doesn't inflict his passions on his wife. Conjugal relations are supposed to be sporadic and with procreation in mind. But his wife Sara can't help but long for more. She wants nothing more than to share her bed with her husband everynight...

After he decides to give her waltzing lessons, so they can dance in public, the lessons soon become scorching hot... And husband and wife finally realize they really wanted the same all along...





 **Available on Kindle Unlimited **

.99 to purchase

. . . . .

About the Author
 
Natasha Blackthorne writes Scorching Hot Historical Romance where deeply flawed characters find love & trust. Her stories are most frequently about the intimate journey of the characters as they learn to open their hearts to love.  

Natasha’s heroines are not perfect ladies. They are wildflowers and wallflowers who flirt with the forbidden. Whether they are bold or shy, these heroines’ strong desires and deep emotions drive the plot and drive their strong, dominant heroes heroes to the point of no return.

Natasha holds a B.A. in History, loves reading, cats and music.

Connect with Natasha Blackthorne online:





sábado, 26 de outubro de 2019

Opinião: "Midnight Mass"

Autor: Sierra Simone
Série: Priest #1.5
Edição/reimpressão: Junho de 2015
ASIN: B015YLD93E
Páginas: 193


Sinopse: We are told that God will punish the wicked. That sinful men will reap what they sow. We are told to scourge our souls with prayer and pain to become clean once again.

Well, here I am. Wicked and sinful. Desperate to become clean…even though it feels so good to be dirty.

But even I never expected what came next.

Even I never expected my punishment to come so soon.

***Midnight Mass is a novella and a sequel to Priest. It’s intended for mature audiences.***

domingo, 13 de outubro de 2019

Opinião: "Feel the Heat"

Autor: Kate Meader
Série: Hot in the Kitchen #1
Editor: Forever
Edição/reimpressão: Maio de 2013
ISBN: 9781455599608
Páginas: 384


Sinopse: IF YOU CAN'T STAND THE HEAT . . .

Photographer Lili DeLuca spends all her time managing her family's Italian restaurant, instead of following her dream of getting an MFA. When famous British chef Jack Kilroy unexpectedly challenges her father to a cook-off, Lili decides she's tired of playing it safe and vows to seduce the tempting Brit. But once a video of her and Jack kissing goes viral and her luscious butt starts trending on Twitter, Lili fears she's cooked up a recipe for disaster . . .

. . . GET INTO THE BEDROOM

Jack Kilroy's celebrity has left him feeling used and used up. While Lili's oh-so-sexy moans when she tastes his delicious creations turn him on, he's even more aroused by how unimpressed this beautiful, funny woman is with his fame. He knows they could be amazing together, if she could only see past his bitch fork-wielding fan base. Now as he's about to start a new prime time TV cooking show, can Jack convince Lili to realize her own ambitions - and turn up the heat in his kitchen?


A minha opinião: Li o segundo e o terceiro livros desta série e só agora li o primeiro... Mas acabou por ser o meu preferido!

Lili DeLuca tem sonhos. Ela quer tirar um mestrado em Belas Artes e ser uma fotógrafa profissional. Mas a doença da mãe fê-la adiar os seus planos para ajudar no restaurante da família, que está em apuros. Uma noite em que regressa a casa duma festa mascarada de Mulher Maravilha ouve barulho no restaurante (que fica por baixo do seu apartamento) e resolve investigar. E acaba por atacar o intruso com uma frigideira...

Mas o intruso não é realmente um intruso. Trata-se de Jack Kilroy, um chefe famoso que trabalha com a irmã dela, Cara, num programa de televisão. Cara convenceu-o a começar o seu novo programa de televisão no restaurante da família dela. Aí irá cozinhar ao mesmo tempo que o pai dela (que é o chefe do restaurante) e serão os clientes a votar em qual das ementas é a vencedora. Cara espera que a publicidade decorrente do programa atraia novos clientes ao restaurante.

E é por isso que Jack está no restaurante naquela noite: está a familiarizar-se com a cozinha e a trabalhar na sua ementa. Não esperava ser atacado pela Mulher Maravilha... Nem esperava ter uma reacção tão visceral a ela. Mas também Lili sente uma forte atracção por Jack, mas ela sabe que ele só namora com modelos e ela está longe de ter as medidas que a sociedade considera atraentes.

Para Jack ela tem as medidas certas. Só que a sua última relação teve consequências desastrosas e quando fotografias deles vão parar à internet, ele sabe que tem de se manter afastado dela dê lá por onde der. Mas a produção do programa implica passar tempo com ela, e quanto mais ele a conhece, mais gosta dela. E manter-se afastado parece impossível quando parecem gravitar em torno um do outro como se houvesse um campo de forças entre eles...

Lili tem problemas de auto-estima, não só em relação ao seu peso, mas também em relação ao seu valor, e é também por isso que lhe é tão difícil afastar-se dos problemas familiares e seguir o seu próprio caminho. Jack tem problemas em confiar e em aceitar que Lili gosta realmente dele e não está com ele com segundas intenções. Conseguirão eles ultrapassar as suas dificuldades e conseguir um final feliz?

A família DeLuca é deliciosa e as cenas entre a Lili e o Jack são tão sensuais, mesmo quando ele apenas a está a alimentar... Tão, mas tão bom!


Classificação: 4


sábado, 12 de outubro de 2019

Opinião: "One Last Chance"

Autor: Molly O’Keefe
Série: King Family #4.5
Formato: Audiolivro
Narradores: Tieran Wilder e Lee Samuels
Editor: Read Me Romance
Edição/reimpressão: Maio de 2019
Páginas: 78


Sinopse: I have two weeks to convince Jack to give me a second chance. Two weeks working in his bar and sleeping in his bed to prove that I’m sorry. And he can be as cruel as he wants, trying to get me out the door, but I won’t leave him. Not again.

But forgiveness is tricky…and Jack’s may cost me more than I have to give.


A minha opinião: Jack e Natalie apaixonaram-se em adolescentes. Só que a família de Natalie é rica e não vê com bons olhos a relação dela com Jack. Mas isso não importa para eles e, assim que ela atinge a maioridade, eles partem juntos em busca do seu final feliz e casam-se. Eles têm planos: vão trabalhar na restauração e poupar para ela poder ir para a escola de culinária e, depois, abrirem um restaurante.

Contudo, a mãe de Natalie adoece e ela regressa a casa para cuidar dela. Depois da mãe morrer Natalie descobre que ela lhe pagou o curso de culinária em Paris, mas Jack investiu todas as poupanças deles num restaurante e num terreno onde irão construir a casa deles. Ele não quer que ela vá e ela insiste que não pode desperdiçar a oportunidade.

Vários anos depois, Jack está pronto para avançar, mas Natty regressa e quer uma segunda hipótese. Ela propõe a Jack um acordo: irá trabalhar no restaurante dele, de graça, durante duas semanas, nas quais lhe irá provar que ele é a única coisa que ela quer e que não irá voltar a partir. Se não o conseguir, no final das duas semanas, assinará os papéis do divórcio e desaparecerá da vida dele para sempre.

Eles nunca se esqueceram e a atracção entre eles é tão forte como no início, mas, se conseguir atraí-lo para a sua cama não se revela particularmente difícil, reconquistá-lo parece ser impossível... Conseguirá Natty convencer Jack a dar-lhe uma última chance?

Esta história prova como, às vezes, ter o ponto de vista de ambos os protagonistas é essencial. Isto porque, começando por ter o ponto de vista do Jack, é fácil pintar a Natty como a vilã, mas depois de sabermos, em primeira mão, os motivos dela e o quanto isso lhe custou, percebemos que, nesta história, não há realmente um vilão (ou melhor, há dois, os pais dela). Não foi difícil torcer por eles...

Este livro faz parte de uma série (mas pode ser lido isoladamente) e eu até tenho o primeiro, por isso devo lê-lo no próximo ano.


Classificação: 4

Desafio Can You Read a Series in a Month?


Participei neste desafio no ano passado e gostei bastante, por isso vou voltar a participar este ano!

O Can You Read a Series in a Month? é organizado pelo Because Reading is better then real life e consiste, basicamente, em ler uma série num mês. Não é preciso ler novelas ou contos que façam parte da série, apenas os livros principais.

Vou participar com a série Wedding Dare, cujos livros têm autoras diferentes, já que li o primeiro (que é uma novela) em Julho e fiquei com muita vontade de a continuar...


sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Opinião: "It Happened In Vegas"

Autor: Kathy Ivan
Série: Lovin' Las Vegas #1
Editor: Ink Lion Books
Edição/reimpressão: Junho de 2015
ASIN: B00ZE34ZLI
Páginas: 172


Sinopse: One little wager. What could go wrong?

That's what Charlie King thinks when her friends dare her to reach out to the one man she's never forgotten. There's just one catch—he's the older brother of her former fiancé.

Rodeo star Jared Drake is in Vegas for the Grand National finals when he spots Charlie. Their chemistry is instantly off the charts. There’s just one problem—his role in her broken engagement.

This time around, can they beat the odds to happily-ever-after or will secrets from the past keep them apart forever?


A minha opinião: Charlie King está em Las Vegas para uma reunião bianual com as suas antigas companheiras de casa durante a faculdade. Quando já estão todas bastante inebriadas, acabam por fazer uma aposta que irá mudar a vida de Charlie (e aposto que a das suas amigas também...). Todas têm de encontrar aquele que escapou e tentar novamente.

Charlie é a primeira, uma vez que o que escapou, Jared Drake, também está em Las Vegas. Eles não se vêem desde o fim de semana em que se conheceram, há quatro anos, quando ela lhe foi apresentada como a noiva do seu irmão mais novo. Assim que se conheceram foi óbvia a química entre eles, e depois de uma cena particularmente escaldante no celeiro, Charlie vai-se embora e nunca mais viu nenhum dos dois.

Jared é uma estrela do Rodeo e está em Vegas para as finais nacionais. Charlie arranja a desculpa de querer escrever uma história sobre esse mundo para se reaproximar dele, mas ele, apesar de nunca a ter esquecido e de sempre se ter inquirido como as coisas poderiam ter sido diferentes se ele a tivesse conhecido antes do irmão, não reage bem à presença dela.

A verdade é que ele só tem a versão do irmão do que aconteceu e essa versão não corresponde exactamente à realidade... Conseguirá Charlie convencê-lo a ouvir o seu lado da história? Serão eles capazes de ter uma segunda chance?

Gostei muito da Charlie e do Jared. Gostei especialmente dele ter acreditado imediatamente nela e adorei a forma como eles, sendo tão diferentes, se complementam tão bem. Estou muito curiosa por saber como irá correr a segunda chance das amigas da Charlie...


Classificação: 4

Fonte

Prémio Nobel da Literatura 2018 e 2019

Fonte

Depois de não ter sido atribuído no ano passado, devido ao escândalo de corrupção e assédio sexual, a Academia Sueca atribuiu ontem o Prémio Nobel da Literatura 2018 e 2019 respectivamente, a Olga Tokarczuk e Peter Hadke.

A Academia justifica a atribuição do prémio à polaca Olga Tokarczuk por esta ter "uma narrativa imaginativa que com paixão enciclopédica representa a travessia das fronteiras como uma forma de vida" e ao austríaco Peter Hadke pelo seu "trabalho influente que, com criatividade linguística, explorou a periferia e a especificidade da experiência humana”.

Ambos estão publicados em Portugal, mas nunca li nenhum dos seus livros.

Notícia adaptada de: DNPúblico e Expresso.