segunda-feira, 4 de março de 2019

Balanço Mensal (Fevereiro 2019)

Fonte

Fevereiro pode ser o mês mais pequeno, mas foi bastante produtivo... Li e ouvi dez livros. É praticamente um terço da minha meta para este ano! Parece que finalmente voltei a encontrar o meu ritmo! Só ainda não consegui entrar no ritmo com a publicação das opiniões... Já publiquei todas as de 2018, mas as deste ano ainda estão por publicar...

Estes eram os livros que tinha planeado ler em Fevereiro e não me desviei muito do objectivo:


Li e ouvi os seguintes livros: A Quinta dos Animais de George Orwell, Daring the Player de Robin Covington, Wanting My Stepsister de Alexa Riley, Rolling The Dice de Alessandra Torre, The Major's Welcome Home de Tessa Bailey, Mated to the Reaper de Alexa Riley, Kaleidoscope Hearts de Claire Contreras, Brief Encounter de Alice Gaines, Winning the Wallflower de Eloisa James e The Ugly Duchess de Eloisa James.



O melhor, indiscutivelmente, foi A Quinta dos Animais. Não sei se é leitura obrigatória no secundário, mas, se não é, devia ser! O mais fraquinho foi Brief Encounter, porque é exactamente o que indica, a descrição de um breve encontro entre dois estranhos. Não é mau, só não desenvolve...


Estes foram os livros que comprei em Fevereiro:




E ganhei este livro:




Infelizmente não consegui organizar as estantes como planeado, mas espero conseguir fazê-lo agora em Março...




E mais um episódio triste a assolar a comunidade de autores de romances. A autora Courtney Milan descobriu, alertada por uma leitora, que um dos seus livros havia sido descaradamente plagiado por uma outra "autora", de seu nome Christiane Serruya, e alertou para o facto no seu twitter. 

A reacção inicial de Christiane Serruya foi afirmar que tinha sido enganada pelos autores fantasma de uma empresa que tinha contratado para escrever o livro por ela. Ora, só isto já foi suficiente para desconfiar... Se contrata outros autores para escrever por ela, como é que se pode considerar uma autora?

Como esperado, veio-se a verificar que foram muitas as autoras cujo trabalho ela plagiou (a lista mais recente tem 51 livros, 34 autores, 3 artigos, 3 websites e 2 receitas 😦) e, quando as evidências se começaram a acumular, teve a reacção esperada: apagou todas as suas contas nas redes sociais...

O mais grave é que um dos seus "livros" tinha sido submetido a concurso para os RITA awards (já foi retirado), o que fez com que ela julgasse outros livros a concurso (também já foram re-atribuídos a outros autores).

Enfim, muito triste e completamente desnecessário. Ou então não, que não sei por quanto tempo é que ela se safou com isto, nem quanto dinheiro embolsou à conta do trabalho dos outros. Mas, obviamente, os plagiados estão a unir esforços para a processar. E tendo em conta que até a Nora Roberts ela plagiou, é seguro presumir que se vai arrepender amargamente...

Se quiserem saber mais basta seguir a hashtag #copypastecris no twitter. Também podem ler o artigo no blogue da autora Courtney Milan ou ler o excelente resumo do blogue SBTB.








2019 Reading Challenge


E já li 17 livros do meu objectivo de ler 36. Quase metade...


Desafio Serial Killer 2019




Li apenas mais um livro do cartão, o que faz um total de 2 livros lidos:
  • Close to Home de Suzanne Ferrell, #Westen
  • The Ugly Duchess de Eloisa James, #Fairy_Tales

Comecei 4 séries e penso continuar três delas:
  • Mated to the Reaper de Alexa_Riley, #Virgin_Blood
  • Kaleidoscope Hearts de Claire Contreras, #Hearts
  • Brief Encounter de Alice Gaines, #Cabin_Fever
  • Bounced Into Love de Rochelle Paige, #Bachelorette_Party


Goodreads recomenda 2019


Para Fevereiro o escolhido for Brief Encounter de Alice Gaines. Mais uma vez, é pequenino e lê-se bem, mas o encontro foi demasiado breve para mim...

A escolha de Março recaiu sobre as sugestões relativas às minhas leituras de Março de 2016, já que em Março de 2018 não li nada e já li todas as opções relativas a Março de 2017.

Assim a escolha foi feita entre os seguintes livros:


E escolhi ler Impulse Control de Amanda Usen, não só porque é uma autora nova para mim, mas também porque não resisto a ler uma história sobre um herói do signo Carneiro no mês desse signo.



Bingo Profissão do Herói 2019


Sem contar com os audiolivros, li sete romances em Fevereiro, mas só quatro tinham profissões do quadro: Desportista, Militar, Double (Médico) e Membro da nobreza.



Booked2019


Li outro livro para as categorias do Inverno:

1. FEMALE DETECTIVE (International Day of the Woman - March 8)
✔️2. FAIRY TALE RETELLING (Grimm Brothers Birthdays, Jacob January 4; Carl February 24) - The Ugly Duchess de Eloisa James
✔️3. REMINDS YOU OF YOUR HAPPY PLACE - Close to Home de Suzanne Ferrell
4. RELATED TO A PODCAST
5. SET IN IRELAND/IRISH AUTHOR (St Patrick's Day, March 17)
✔️6. NEW TO YOU AUTHOR (New Year's Day, January 1) - Christmas Alpha de Carole Mortimer



Kimberly Kincaid 2019 Reading Challenge


Fevereiro foi o mês de ler a second-chance romance to celebrate love. Acabei por ler dois: Kaleidoscope Hearts de Claire Contreras e The Ugly Duchess de Eloisa James. Gostei mais do segundo, mas o primeiro também é muito bom!

Em Março tenho de choose a trope that is not your go-to, and try it! Ainda não sei o que hei-de escolher, pois leio praticamente tudo. Tenho de pensar melhor no assunto...



Romance Readathon Bingo


Este desafio era apenas para Fevereiro e até consegui fazer uma linha, mas como não escrevi nenhuma opinião, não conta...


terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Top Ten Tuesday - Livros que ADOREI com menos de 2000 classificações no Goodreads


Top Ten Tuesday é uma rubrica original do site The Broke and the Bookish, que passou, em 2018, para o site That Artsy Reader Girl, e na qual, cada semana, nos é dado um tema para o qual devemos fazer uma lista.

O tema esta semana é Livros que ADOREI com menos de 2000 classificações no Goodreads. Já em 2016 foi esse o tema, por isso esta é uma versão actualizada dessa lista. Por ordem crescente de número de classificações:

1. Unwed and Unrepentant de Marguerite Kaye (81 classificações) - li-o em dois dias, em Maio de 2014. E adorei tudo! Desde os protagonistas (ela uma mulher independente na Inglaterra de 1837, ele um homem trabalhador que gosta do facto dela ser independente), passando pela história (não resisto a casamentos arranjados) e a terminar na intensa química entre o casal.

2. O Mundo Encantado de Beatrix Potter de Richard Maltby Jr. (463 classificações) - este foi lido antes de ter o blogue e de registar as minhas leituras, ou seja, antes de 2009. Continuo surpreendida por ter tão poucas classificações.

3. The Rogue's Proposal de Jennifer Haymore (651 classificações) - foi lido em 2015 e é o segundo de uma série. E continua a ser o meu preferido da mesma. Ele anda à procura do homem que lhe pode indicar o paradeiro da mãe; ela anda à procura do mesmo homem porque lhe matou o marido. Ele não perde tempo a seduzi-la; ela percebe o que andou a perder. Ele diz-lhe que não é um cavalheiro; ela só vê o lado bom dele. Não é um casamento arranjado, mas é convivência forçada, outro dos meus enredos favoritos. E é muito bom! Já foi traduzido para português.

4. Must Love Breeches de Angela Quarles (802 classificações) - também foi lido em 2016. Viagens no tempo! Um herói chamado Phineas que não fica a dever nada ao Mr. Darcy e que não só aceita as excentricidades da heroína (uma mulher moderna que se vê, de repente, em 1834) - apesar de por vezes achar que ela é louca - como até a ajuda! Personagens fictícios que interagem com personagens reais! Este livro merece todo o      ! Aliás toda a série merece (que entretanto já li os dois seguintes), e nenhum deles chega às 2000 classificações...

5. What's a Witch to Do? de Jennifer Harlow (874 classificações) - li-o em 2013, na altura em que saiu, e ainda hoje é o livro que indico quando me perguntam qual é o meu romance paranormal favorito. Ela é a bruxa-chefe do seu clã e alguém a quer matar. Ele é um lobisomem, o número 2 (o beta) da sua matilha. Alguém a quer matar e ele larga tudo e todos para a proteger. Ela pensava que ele não a gramava. E safa-se bem sozinha. Mas a convivência forçada (ah ah!) fá-la reparar cada vez mais nele. E depois há as duas sobrinhas dela que são perfeitamente amorosas! Este livro merecia mais  e eu não me canso de o afirmar.

6. Her Wicked Proposal de Lauren Smith (916 classificações) - li-o em 2016 e, entretanto, subiu um bocado na lista, mas ainda cá está... Ele perdeu recentemente a visão e, com ela, a vontade de viver; ela perdeu recentemente o pai e ganhou uma série de pretendentes pelos quais não tem interesse nenhum. Ela propõe-lhe que ele se case com ela só para se livrar dos pretendentes, mas eles até sempre se sentiram atraídos um pelo outro, pelo que qualquer desculpa é uma boa desculpa... Lá está, mais um casamento arranjado!

7. Even the Score de Kate Meader (921 classificações) - uma adição à lista de 2016. Li-o no ano passado, mas já saiu em 2015. Começam como inimigos (ele culpa-a por a noiva o ter deixado no altar), ele contrata-a para fingir que é sua noiva e acabam por se apaixonar. Inimigos a amantes, falso noivado e proximidade forçada? Parece que foi feito para mim! Merecia mais amor...

8. Neighbors with Benefits de Marissa Clarke (945 classificações) - a única maneira deste livro ter sido mais perfeito para mim era se em vez de um cão, tivesse um gato. Mas tudo o resto parece gritar: ESTE LIVRO FOI ESCRITO PARA TI!!! Senão vejamos: eles são vizinhos e começam por se detestar; ele é alfa, mas admite quando esteve mal e desculpa-se por isso; ele é sério e carrega o mundo nas costas, ela é um raio de sol despassarado que só quer ver toda a gente bem; há um noivado falso; os irmãos e a cunhada dele andam sempre a meter-se porque só querem que ele seja feliz. Parece isco... 

9. His Wicked Seduction de Lauren Smith (1080 classificações) - outra novidade na lista. Li-o no ano passado e é o segundo da série. Ela é a irmã mais nova de um dos melhores amigos dele e está apaixonada por ele desde que o conhece. Ela já não é uma miúda e ele deseja-a, mas não pode trair assim o amigo. Ficarem juntos na mesma casa durante o Natal só pode significar uma coisa, certo? Gostei muito deste livro (como gosto de toda a série) e acho que merecia mais amor.

10. Edge of Black de J.T. Ellison (1928 classificações) - este está quase a sair da lista... Li-o em 2013 e foi isto que disse sobre ele em 2016: "Adorei. E depois nunca li o próximo da série." Yeap, ainda não o li...
É romance com suspense no seu melhor e um thriller fantástico. Ela é uma médica patologista e ele um antigo ranger do exército e juntos investigam o que aparenta ser um ataque terrorista no metro de Washington.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

9º Aniversário

Fonte
O blogue faz hoje 9 anos! Depois de um período em que esteve praticamente ao abandono, parece ter entrado novamente nos eixos...

As opiniões estão quase em dia, já só me faltam as dos livros que li este ano... Vou tentar manter o ritmo! Vamos lá ver se consigo...

Em jeito de balanço, como não podia deixar de ser: 2920 publicações, das quais 515 foram opiniões, e 202 seguidores.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Opinião: "A Muffin Top Christmas"

Autor:
Editor: Auto-publicado
Edição/reimpressão: Dezembro de 2016
ASIN: B01MQUVE2E
Páginas: 71


Sinopse: Naughty or nice.
Why not both?


He’s a bad boy with a bakery.
She’s a BBW with a bar.
And they just had a baby.


‘Twas the night before Christmas,
when all through the bakery,
not a creature was stirring,
except a six-month-old boy named Zachary.

The condoms were stashed in the bedroom with care,
in the hopes that my Evey would soon be there.

When out in the alley there rose such a clatter,
I sprang from my kitchen to see what was the matter.
Away to the bar I raced with such dread,
to find my Evey with a gun to her head…


This short and sweet novella takes place six months after the hit bestseller Muffin Top!
Vincent and Evey are back for the holidays but they aren't alone!
Who's hooking up?
Who's pregnant?
And who's out for revenge?
All these questions and more will be answered, just in time to whisk you a Merry Christmas!

BONUS! Includes The Muffin Top Cookbook — five recipes from Boston’s favorite bakery!


A minha opinião: A Muffin Top Christmas é a continuação de Muffin Top e passa-se seis meses depois de Evey e Vincent terem sido pais pela primeira vez de um menino chamado Zachary. A recuperação pós-parto foi particularmente difícil para Evey, o que significa que há mais de seis meses que não há sexo para ninguém...

Contudo, é véspera de Natal e Evey anunciou estar, finalmente, pronta, pelo que Vincent mal pode esperar que ela acabe o turno no bar... Um barulho no beco faz com que Vincent corra até ao bar onde encontra Evey com uma pistola apontada à cabeça. Alguém procura vingança... O primeiro instinto de Vincent é defender Evey, mas agora há Zachary a ter em conta. Afinal, ele não pode arriscar que o filho perca ambos os pais na mesma noite... A sua irmã Anna é polícia, mas será a polícia capaz de lidar com a situação de forma a que Evey regresse a casa sã e salva?

Gostei muito de rever estes dois. É bom saber que o desejo de Vincent por Evey não diminuiu nem um bocadinho e o bebé Zachary é a coisa mais fofa! Estou muito curiosa com a história da Anna...


Classificação: 4


Fonte: Newsletter da autora

Blog Tour: NICE AND EASY by Erin Nicholas

NaE - BT banner.jpg

Nice and Easy, an all-new sexy standalone in the Boys of the Big Easy series from New York Times bestselling author Erin Nicholas available now!


NiceAndEasy300.jpg

A hot firefighter who just wants to take care of her and her little boy? Sign her up.

Moving in with him and his little girl who already has a huge chunk of her heart? Very nice.

Roommates with benefits? Yes, please.

Convincing this take-charge alpha to let her take care of him too? That’s not going to be as easy.


NaE - AN

Download your copy today!
Amazon Worldwide: http://mybook.to/NiceandEasy
Amazon Paperback: https://amzn.to/2MWtNaW
Add to GoodReads: http://bit.ly/2QQQUs3


NaE - Teaser 1 AN.jpg


Excerpt:

Lexi could feel Caleb’s breath on her lips, and his bunched muscles under her palm were hot and hard. She stared at his mouth. He stared at hers. And she decided that if he wasn’t going to look at her breasts, looking at her mouth like he was starving and she was a grilled BLT—his favorite food in the world—was just fine with her.
Being compared, even in her own head, to a grilled BLT might not seem sexy, but in her mind, it so was. Caleb devoured those sandwiches. He’d do almost anything for one. He made sexy moaning sounds when he first tasted them. And he’d proclaimed that hers were the best he’d ever tasted. Yeah, put that way, along with the schnapps still coating her brain, it was strangely sexy.
“Caleb.”
She watched his pupils dilate and his jaw clench.
Her hand went to the front of his shirt and she bunched it in her fists, watching his eyes. He didn’t try to stop her. Then she tugged, urging him forward.
 And he came, the hand next to her hip pressing into the mattress as she tipped her head to one side. Their lips touched. Softly. Briefly. But she felt it all the way to her bones. Heat, want, relief. She suddenly had to have more. She made a little almost-a-sob sound and licked her tongue along his lower lip.
“Lex.”
Her name was more of a groan than a word. It was the sexiest thing she’d ever heard.
“Caleb,”she breathed.
Then the next groan became the sexiest thing she’d ever heard. It was a combination of hunger and resignation, and she felt like he’d just set her nerve endings on fire.
Suddenly, Caleb’s hand came up to cup the back of her head, his fingers diving into her hair. And he took over.
His mouth opened over hers and his tongue stroked deep and hot. Every glide of his tongue felt as though he was running a finger over her clit. Some were firmer, some softer, some longer, some shorter, and her need ratcheted up with each one.
She ran her hands over his chest to his shoulders and up the sides of his neck, loving the hard muscles and the heat under her palms. Then she slid her hands down his sides to the bottom of his shirt. She slipped her hands underneath, moaning as she met hot, bare skin. He sucked in a quick breath and she smiled against his lips, loving having an effect on him.
And suddenly she was on her back and Caleb was moving over her. Her hands slid to his back, the muscles there bunching as he braced himself above her, still kissing her like it was his job. Instinctively, she slid her legs apart and he settled between them. The comforter was between them, but she felt him hard and hot and deliciously heavy against her. The feel of his cock pressed against her made her ache. She’d done that to him. She’d made him hard.
Hallelujah.


Start the Boys of the Big Easy series for FREE with Easy Going!
Amazon Worldwide: http://mybook.to/EasyGoingEN
Google Play: http://bit.ly/2yOqmNz

About Erin Nicholas


New York Times and USA Today bestselling author Erin Nicholas has been writing romances almost as long as she’s been reading them. To date, she’s written over thirty sexy, contemporary novels that have been described as “toe-curling,” “enchanting,” “steamy,” and “fun.” She adores reluctant heroes, imperfect heroines, and happily ever afters. Erin lives in the Midwest, where she enjoys spending time with her husband (who only wants to read the sex scenes in her books), her kids (who will never read the sex scenes in her books), and her family and friends (who claim to be “shocked” by the sex scenes in her books).

Connect with Erin
Stay up to date with Erin by joining her mailing list: http://bit.ly/2Gj56oC

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Opinião: "Marry Me at Christmas"

Autor: Susan Mallery
Série: Fool's Gold #19
Editor: Harlequin
Edição/reimpressão: Setembro de 2015
ISBN: 9780373788507
Páginas: 330
Origem: Requisitado no NetGalley


Sinopse: Wish upon a Christmas star with New York Times bestselling author Susan Mallery's sparkling Fool's Gold romance! 

To bridal boutique owner Madeline Krug, organizing a Christmas wedding sounds like a joy—until she finds out she'll be working closely with the gorgeous brother of the bride, movie star Jonny Blaze. How will a small-town girl like her keep from falling for the world's sexiest guy? Especially with mistletoe lurking around every corner!

Jonny came to Fool's Gold looking for normal, not for love. Happily-ever-after only happens in the movies. Still, nothing about this quirky town is quite what he expected, and "ordinary" Madeline is the most extraordinary woman he's ever met. Refreshingly honest, disarmingly sweet. Achingly beautiful.

Planning the perfect wedding leads to candlelit dinners and strolls through snow-covered streets. And Madeline finds Jonny in real life even more captivating than her celebrity crush. But will the action star be brave enough to risk his heart and step into the role of a lifetime?


A minha opinião: Já sabíamos dos livros anteriores que Madeline Krug, a dona da boutique de noivas, tem um enorme fraquinho pela estrela de cinema Jonny Blaze que se mudou recentemente para a cidade. Quando a Mayor Martha lhe pede para organizar o casamento da irmã dele, que se vai realizar pelo Natal, ela não estava à espera que isso significasse trabalhar com ele na organização do mesmo...

O principal objectivo dela é não fazer figura de parva ao pé dele, ou seja, tentar não olhar ficar a olhar para ele embasbacada, não se babar e conseguir falar de forma articulada, sem gaguejar. Enfim, comportar-se como se ele não fosse a estrela de cinema Jonny Blaze... Não é fácil, mas ela lá consegue. E a verdade é que, quanto mais tempo passa com ele e melhor o conhece, mais é o homem e não a estrela de cinema que lhe agrada.

Jonny mudou-se para Fool's Gold à procura de normalidade e foi isso que encontrou. Ou o mais normal possível considerando que há uma festa ou um festival praticamente todas as semanas na cidade... Mas a verdade é que as pessoas o tratam como qualquer outro habitante da cidade, e se rapidamente se disponibilizam para o ajudar a organizar o casamento da irmã, não é nada que não fizessem por qualquer outro residente.

E a melhor parte é poder passar tempo com Madeline. Ela é tão refrescantemente normal, adora o que faz e é linda! Mas poderá uma relação entre eles ter futuro?

Mais uma excelente história de uma série que adoro. A Madeline e o Jonny são tão fofos juntos e todo o cenário do casamento natalício é simplesmente delicioso! Muito bom!


Classificação: 4