segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Opinião: "Ligeiramente Escandalosa"

Título original: Slightly Scandalous
Autor:
Bedwyn Saga #3
Tradutor: Ana Sofia Pereira
Editor: Edições Asa
Edição/reimpressão: Novembro de 2014
ISBN: 9789892328805
Páginas: 368


Sinopse: Crescer no seio da família Bedwyn não é tarefa fácil; que o diga a jovem Freyja Bedwyn. Tendo passado a infância rodeada por quatro rapazes, habituou-se desde cedo a igualá-los em ousadia e independência. 
Mas o atrevimento - tolerável numa menina - é considerado inaceitável numa mulher. 

Quando, a meio de uma viagem a Bath, o quarto em que Freyja está hospedada é invadido por um atraente fugitivo, a jovem não tem meias-medidas e esmurra-o. Ele é Joshua Moore, o petulante marquês de Hallmere. Nessa noite mal adivinham que, dias depois, estarão... noivos. Para duas pessoas que anseiam por liberdade e parecem detestar-se, esta reviravolta é, no mínimo, inexplicável.

Entre o choque e a admiração, a alta sociedade não se cansa de especular sobre a origem de uma relação tão enigmática, excessiva, e ligeiramente escandalosa...


A minha opinião: A heroína de Ligeiramente Escandalosa é Freyja Bedwyn, que já conhecia de livros anteriores. E, para ser sincera, não gostava lá muito dela. Mas a autora faz um bom trabalho a explicar o porquê dela ser assim e, ainda que nunca venha a ser uma das minhas protagonistas preferidas, fiquei a gostar um bocadinho dela...

Em Ligeiramente Escandalosa, Freyja parte para Bath para evitar estar em casa quando o primeiro filho do vizinho (e o seu grande amor da adolescência) nascer. Embora tente convencer-se a si própria que não é inveja nem despeito o que sente, a verdade é que são ambos, portanto o melhor é estar bem longe de toda a felicidade vizinha.

Durante a viagem, Freyja tem de pernoitar numa estalagem duvidosa e, durante a noite, vê o seu quarto invadido por um homem que se esconde no seu armário e lhe pede para fingir que não o viu. Ela nem tem tempo de reagir pois os homens que o procuram surgem logo de seguida e, quando a tratam desrespeitosamente, ela expulsa-os do quarto. O homem resolve agradecer-lhe com um beijo e ela dá-lhe um murro no nariz e expulsa-o também.

O homem é Joshua Moore, marquês de Hallmere, e volta a ser esmurrado por Freyja, no dia seguinte, já em Bath, quando se voltam a encontrar. Ela causa uma cena, mas quando percebe que afinal foi um mal-entendido, passa pela humilhação de ter de se desculpar a ele.

Eventualmente os dois desenvolvem uma amizade muito baseada em ele meter-se com ela e ela ameaçar esmurrá-lo (e, ocasionalmente, tentar, de facto). E quando a tia dele chega a Bath determinada em casá-lo com a filha dela, ele propõe a Freyja que o ajude fingindo ser noiva dele. Mas o que era suposto ser uma situação temporária parece não ter fim à vista e nenhum deles parece ter pressa de romper o noivado...

Como já disse, a Freyja não é uma das minhas heroínas favoritas, mas gostei muito do Joshua. Ele é muito mais do que parece e passou por muito, mas não se tornou numa pessoa amarga, bem pelo contrário, é alegre e brincalhão e era precisamente disso que a Freyja precisava.

Não foi o meu favorito da série, mas eu gosto sempre de um falso noivado...



Classificação: 4

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Opinião: "Melting Point"

Autor: Kate Meader
Série: Hot in Chicago #1.5
Editor: Pocket Star Books
Edição/reimpressão: Agosto de 2015
ISBN: B00W061C6I
Páginas: 136


Sinopse: Things are heating up at Engine Co. 6 in this original e-novella from Kate Meader’s sizzling Hot in Chicago series! Superhot playboy firefighter Gage Simpson has one particular man on his mind: Brady Smith, a recalcitrant, moody chef who makes Gage melt from the inside out. Features a sexy sneak preview of Playing with Fire!

Firefighter Gage Simpson has it all: the job of his dreams, the family of his heart, and no shortage of hot guys lining up to share his bed. “Fun and easy” is his motto—and it’s kept him sunny through a painful upbringing and steered him away from trouble. But when trouble comes knocking in the form of a sexy, scarred, tattooed chef with a harrowing past and zero communication skills, Gage can’t help but be drawn to the flame.

Brady Smith isn’t fun. And easy isn’t in his vocabulary. When cocky Gage swaggers into his restaurant kitchen, the former Marine-turned-five-star-chef is blindsided by the firefighter’s beauty. Then confused that this golden guy with the sparkling blue eyes and the body of a god might be interested in him. As desire flares and temperatures rise, Gage and Brady will have to figure out if the heat between them is just a temporary flash—or the beginning of something real.

Classificação: 4

terça-feira, 31 de julho de 2018

Balanço Mensal (Julho 2018)

Fonte


E heis que, em Julho, voltei às leituras! E consegui, finalmente, publicar opiniões. 19 opiniões, para ser mais exacta! Ainda tenho muitas (mesmo muitas...) em atraso, mas parece que desbloqueei. Já não era sem tempo...

Quanto às leituras, li 2 livros e estou a terminar um terceiro: A Caminho do Altar de Julia Quinn, Ligações Arriscadas de Sandra Brown e Duas Irmãs, Um Duque de Eloisa James.



Para finalizar, as aquisições. Comprei cinco ebooks em promoção:


segunda-feira, 30 de julho de 2018

Opinião: "Prazeres Proibidos"

Título original: Guilty Pleasures
Autor: Laura Lee Guhrke
Série: Guilty #1
Tradutor: Sónia Mota Maia
Editor: Livros d'Hoje
Edição/reimpressão: Maio de 2009
ISBN: 9789722038188
Páginas: 320


Sinopse: Toda a mulher tem os seus prazeres proibidos…

Para a delicada e tímida Daphne Wade, o mais apetecível prazer proibido é observar discretamente o seu patrão, o duque de Tremore, enquanto este trabalha numa escavação na sua herdade. Daphne foi contratada para restaurar os tesouros de valor incalculável que Anthony tem estado a desenterrar, mas não é fácil para uma mulher concentrar-se no seu trabalho quando o seu atraente patrão está sempre em tronco nu. Apesar dele não reparar nela, quem a pode censurar por, mesmo assim, se ter apaixonado desesperadamente por ele?
Quando a irmã de Anthony, Viola, decide transformar esta jovem e simples mulher de óculos dourados numa provocante beldade, ele declara a tarefa impossível. Daphne fica arrasada quando sabe… mas está determinada a provar que ele está errado. Agora, uma vigorosa e cativante Daphne sai da sua concha e o feitiço vira-se contra o feiticeiro. Será que Anthony conseguirá perceber que a mulher dos seus sonhos esteve sempre ali?


A minha opinião: Prazeres Proibidos foi uma delícia de ler! Daphne Wade adora o seu trabalho, restaurar artefactos, mas o principal atractivo é poder observar o patrão, Anthony Courtland, duque de Tremore, a escavar em tronco nu... Ela é completamente apaixonada por ele, mas ele parece nem reparar nela...

Quando Viola, a irmã dele, se oferece para lhe fazer uma transformação, afirmando que, por detrás da timidez e dos óculos se encontra uma bela jovem, Anthony não acredita que tal seja possível. E Viola ouve-o. A partir daí, é como que se algo se tivesse soltado dentro dela e a transformação não é apenas física. Comunica a Anthony que se irá embora daí a um mês e não se coíbe de lhe dizer o que pensa dele.

Anthony é um duque, e não está habituado a ser contrariado. Não percebe porque é que Daphne, de repente, quer abandonar tudo aquilo porque têm trabalhado e, para quê? Para arranjar um marido? Não que deva ser muito difícil, afinal Daphne tem muitas qualidades e não são todas relativas à restauração... Mas será demasiado tarde para Anthony perceber o que sempre esteve à sua frente? E conseguirá convencer Daphne que não está apenas a tentar enganá-la para ficar?

A história é deliciosa e adorei a Daphne e o Anthony, que não pude deixar de imaginar como o Indy e a Marion de Os Salteadores da Arca Perdida.

Fonte

Eles são tão fofos e gostei tanto quando ela começou a não se importar com a opinião dele e passou a fazer e a dizer aquilo que lhe apetecia. Ele nunca teve hipótese...

Fonte


Classificação: 4

domingo, 29 de julho de 2018

Opinião: "One Night In Vegas"

Autor: Tia Wylder
Edição/reimpressão: Maio de 2017
ASIN: B072JF53T5
Páginas: 124


Sinopse: He expects way too much from me that night in Vegas… But I need this job more than anything.

After dropping out of college and having to return to my family, I really need this shot to make something of my life. The last thing I need is to ruin my chances by having sordid flings with my boss. Even if he is the gorgeous and charming billionaire CEO, Sean St. John.

I am not going to mess up my chance at building a career for myself but when a horrible client attached me in front of my hotel room, who would come swooping down to rescue me but…Sean?!

He is everything a girl could dream of; strong but sensitive, firm yet gentle and when he offers me a promotion, I know that I will have to stay away from him if I want to keep my job and my reputation. If only, he wasn’t such an incredible kisser…

I don’t know if I can control myself if he is around…

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Opinião: "Montana Marine"

Autor: Debra Parmley
Série: Brotherhood Protectors Kindle World Series
Editor: Kindle Worlds
Edição/reimpressão: Junho de 2017
ASIN: B071G6XL5K
Páginas: 128
Origem: Recebido em troca de uma opinião sincera


Sinopse: Marine Recon Gunnery Sergeant Jack “Gunny” Barr has retired and returned to Texas when he’s hired by The Brotherhood Protectors bodyguard service in Montana. His job is to protect the volatile actress Angelica Glory. She’s a bombshell and an obsessive stalker has fixated on her as a target. Lucy Wood, her shy assistant, has her hands full watching out for her. When the women are sent to Montana to lay low until the stalker is caught, Angelica has nothing to do but lay by the pool drinking rum and cola while trying to seduce the hunky bodyguard set to protect them or die trying. Jack and Lucy are drawn to each other, but working for Angelica leaves little time to see where their desires might lead. A dangerous stalker with a love obsession is determined to have the woman of his dreams.


quarta-feira, 25 de julho de 2018

Opinião: "Ultimate Courage"

Autor: Piper J. Drake
Série: True Heroes #2
Editor: Forever
Edição/reimpressão: Julho de 2016
ISBN: 9781455536054
Páginas: 336
Origem: Requisitado no NetGalley


Sinopse: LOVE IS AN ACT OF BRAVERY

Retired Navy SEAL Alex Rojas is putting his life back together, one piece at a time. Being a single dad to his young daughter and working at Hope's Crossing Kennels to help rehab a former guard dog, he struggles every day to control his PTSD. But when Elisa Hall shows up, on the run and way too cautious, she unleashes his every protective instinct.

Elisa's past never stays in her rearview mirror for long, and she refuses to put anyone else in danger. But with Alex guarding her so fiercely yet looking at her so tenderly, she's never felt safer . . . or more terrified that the secrets she keeps could put countless people in grave peril. The only way for both to fully escape their demons will take the ultimate act of courage: letting go and learning to trust each other.


A minha opinião: Ultimate Courage traz-nos de volta ao Canil Hope's Crossing, especializado no treino de cães para forças militares e policiais, e gerido por um grupo de ex-militares das forças especiais.

O protagonista é Alex Rojas, um SEAL da Marinha reformado, pai solteiro de Serena (a quem todos chamam Boom), uma miúda de 10 anos, e que sofre de perturbação de stress pós-traumático. É quando está nas urgências a fazer uma cena para conseguir que a Boom seja atendida que conhece Elisa Hall. Ela está em fuga do ex-namorado e, se primeiro Alex a assusta, quando vê como ele é ternurento com a filha, acaba por se encantar com ele.

No dia seguinte, ao dirigir-se ao canil, é-lhe oferecido um trabalho como assistente administrativa. Ela sabe que tem de se manter em fuga, mas pela primeira vez desde que teve de começar a fugir, sente-se em casa. Alex percebe que ela está a fugir de algo ou alguém, mas não a pressiona, dá-lhe tempo e espaço para que seja ela a contar-lhe quando se sentir preparada. Ele sente-se estranhamente protector em relação a ela, mas tem dificuldade em confiar em mulheres por causa da mãe de Boom.

Eventualmente acabam por ceder à atracção mútua que sentem um pelo outro. Mas quando ele tem uma atitude perfeitamente estúpida e o passado de Elisa a apanha, conseguirá ele chegar a tempo?

Gostei do Alex e da Elisa e, especialmente da Boom. No final há uma ligação ao mistério principal da série que ainda não fica resolvido. Ainda não tenho o próximo livro, mas espero apanhá-lo numa promoção pois gostava de continuar a ler a série.

Classificação: 4