sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

9º Aniversário

Fonte
O blogue faz hoje 9 anos! Depois de um período em que esteve praticamente ao abandono, parece ter entrado novamente nos eixos...

As opiniões estão quase em dia, já só me faltam as dos livros que li este ano... Vou tentar manter o ritmo! Vamos lá ver se consigo...

Em jeito de balanço, como não podia deixar de ser: 2920 publicações, das quais 515 foram opiniões, e 202 seguidores.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Opinião: "A Muffin Top Christmas"

Autor:
Editor: Auto-publicado
Edição/reimpressão: Dezembro de 2016
ASIN: B01MQUVE2E
Páginas: 71


Sinopse: Naughty or nice.
Why not both?


He’s a bad boy with a bakery.
She’s a BBW with a bar.
And they just had a baby.


‘Twas the night before Christmas,
when all through the bakery,
not a creature was stirring,
except a six-month-old boy named Zachary.

The condoms were stashed in the bedroom with care,
in the hopes that my Evey would soon be there.

When out in the alley there rose such a clatter,
I sprang from my kitchen to see what was the matter.
Away to the bar I raced with such dread,
to find my Evey with a gun to her head…


This short and sweet novella takes place six months after the hit bestseller Muffin Top!
Vincent and Evey are back for the holidays but they aren't alone!
Who's hooking up?
Who's pregnant?
And who's out for revenge?
All these questions and more will be answered, just in time to whisk you a Merry Christmas!

BONUS! Includes The Muffin Top Cookbook — five recipes from Boston’s favorite bakery!


A minha opinião: A Muffin Top Christmas é a continuação de Muffin Top e passa-se seis meses depois de Evey e Vincent terem sido pais pela primeira vez de um menino chamado Zachary. A recuperação pós-parto foi particularmente difícil para Evey, o que significa que há mais de seis meses que não há sexo para ninguém...

Contudo, é véspera de Natal e Evey anunciou estar, finalmente, pronta, pelo que Vincent mal pode esperar que ela acabe o turno no bar... Um barulho no beco faz com que Vincent corra até ao bar onde encontra Evey com uma pistola apontada à cabeça. Alguém procura vingança... O primeiro instinto de Vincent é defender Evey, mas agora há Zachary a ter em conta. Afinal, ele não pode arriscar que o filho perca ambos os pais na mesma noite... A sua irmã Anna é polícia, mas será a polícia capaz de lidar com a situação de forma a que Evey regresse a casa sã e salva?

Gostei muito de rever estes dois. É bom saber que o desejo de Vincent por Evey não diminuiu nem um bocadinho e o bebé Zachary é a coisa mais fofa! Estou muito curiosa com a história da Anna...


Classificação: 4


Fonte: Newsletter da autora

Blog Tour: NICE AND EASY by Erin Nicholas

NaE - BT banner.jpg

Nice and Easy, an all-new sexy standalone in the Boys of the Big Easy series from New York Times bestselling author Erin Nicholas available now!


NiceAndEasy300.jpg

A hot firefighter who just wants to take care of her and her little boy? Sign her up.

Moving in with him and his little girl who already has a huge chunk of her heart? Very nice.

Roommates with benefits? Yes, please.

Convincing this take-charge alpha to let her take care of him too? That’s not going to be as easy.


NaE - AN

Download your copy today!
Amazon Worldwide: http://mybook.to/NiceandEasy
Amazon Paperback: https://amzn.to/2MWtNaW
Add to GoodReads: http://bit.ly/2QQQUs3


NaE - Teaser 1 AN.jpg


Excerpt:

Lexi could feel Caleb’s breath on her lips, and his bunched muscles under her palm were hot and hard. She stared at his mouth. He stared at hers. And she decided that if he wasn’t going to look at her breasts, looking at her mouth like he was starving and she was a grilled BLT—his favorite food in the world—was just fine with her.
Being compared, even in her own head, to a grilled BLT might not seem sexy, but in her mind, it so was. Caleb devoured those sandwiches. He’d do almost anything for one. He made sexy moaning sounds when he first tasted them. And he’d proclaimed that hers were the best he’d ever tasted. Yeah, put that way, along with the schnapps still coating her brain, it was strangely sexy.
“Caleb.”
She watched his pupils dilate and his jaw clench.
Her hand went to the front of his shirt and she bunched it in her fists, watching his eyes. He didn’t try to stop her. Then she tugged, urging him forward.
 And he came, the hand next to her hip pressing into the mattress as she tipped her head to one side. Their lips touched. Softly. Briefly. But she felt it all the way to her bones. Heat, want, relief. She suddenly had to have more. She made a little almost-a-sob sound and licked her tongue along his lower lip.
“Lex.”
Her name was more of a groan than a word. It was the sexiest thing she’d ever heard.
“Caleb,”she breathed.
Then the next groan became the sexiest thing she’d ever heard. It was a combination of hunger and resignation, and she felt like he’d just set her nerve endings on fire.
Suddenly, Caleb’s hand came up to cup the back of her head, his fingers diving into her hair. And he took over.
His mouth opened over hers and his tongue stroked deep and hot. Every glide of his tongue felt as though he was running a finger over her clit. Some were firmer, some softer, some longer, some shorter, and her need ratcheted up with each one.
She ran her hands over his chest to his shoulders and up the sides of his neck, loving the hard muscles and the heat under her palms. Then she slid her hands down his sides to the bottom of his shirt. She slipped her hands underneath, moaning as she met hot, bare skin. He sucked in a quick breath and she smiled against his lips, loving having an effect on him.
And suddenly she was on her back and Caleb was moving over her. Her hands slid to his back, the muscles there bunching as he braced himself above her, still kissing her like it was his job. Instinctively, she slid her legs apart and he settled between them. The comforter was between them, but she felt him hard and hot and deliciously heavy against her. The feel of his cock pressed against her made her ache. She’d done that to him. She’d made him hard.
Hallelujah.


Start the Boys of the Big Easy series for FREE with Easy Going!
Amazon Worldwide: http://mybook.to/EasyGoingEN
Google Play: http://bit.ly/2yOqmNz

About Erin Nicholas


New York Times and USA Today bestselling author Erin Nicholas has been writing romances almost as long as she’s been reading them. To date, she’s written over thirty sexy, contemporary novels that have been described as “toe-curling,” “enchanting,” “steamy,” and “fun.” She adores reluctant heroes, imperfect heroines, and happily ever afters. Erin lives in the Midwest, where she enjoys spending time with her husband (who only wants to read the sex scenes in her books), her kids (who will never read the sex scenes in her books), and her family and friends (who claim to be “shocked” by the sex scenes in her books).

Connect with Erin
Stay up to date with Erin by joining her mailing list: http://bit.ly/2Gj56oC

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Opinião: "Marry Me at Christmas"

Autor: Susan Mallery
Série: Fool's Gold #19
Editor: Harlequin
Edição/reimpressão: Setembro de 2015
ISBN: 9780373788507
Páginas: 330
Origem: Requisitado no NetGalley


Sinopse: Wish upon a Christmas star with New York Times bestselling author Susan Mallery's sparkling Fool's Gold romance! 

To bridal boutique owner Madeline Krug, organizing a Christmas wedding sounds like a joy—until she finds out she'll be working closely with the gorgeous brother of the bride, movie star Jonny Blaze. How will a small-town girl like her keep from falling for the world's sexiest guy? Especially with mistletoe lurking around every corner!

Jonny came to Fool's Gold looking for normal, not for love. Happily-ever-after only happens in the movies. Still, nothing about this quirky town is quite what he expected, and "ordinary" Madeline is the most extraordinary woman he's ever met. Refreshingly honest, disarmingly sweet. Achingly beautiful.

Planning the perfect wedding leads to candlelit dinners and strolls through snow-covered streets. And Madeline finds Jonny in real life even more captivating than her celebrity crush. But will the action star be brave enough to risk his heart and step into the role of a lifetime?


A minha opinião: Já sabíamos dos livros anteriores que Madeline Krug, a dona da boutique de noivas, tem um enorme fraquinho pela estrela de cinema Jonny Blaze que se mudou recentemente para a cidade. Quando a Mayor Martha lhe pede para organizar o casamento da irmã dele, que se vai realizar pelo Natal, ela não estava à espera que isso significasse trabalhar com ele na organização do mesmo...

O principal objectivo dela é não fazer figura de parva ao pé dele, ou seja, tentar não olhar ficar a olhar para ele embasbacada, não se babar e conseguir falar de forma articulada, sem gaguejar. Enfim, comportar-se como se ele não fosse a estrela de cinema Jonny Blaze... Não é fácil, mas ela lá consegue. E a verdade é que, quanto mais tempo passa com ele e melhor o conhece, mais é o homem e não a estrela de cinema que lhe agrada.

Jonny mudou-se para Fool's Gold à procura de normalidade e foi isso que encontrou. Ou o mais normal possível considerando que há uma festa ou um festival praticamente todas as semanas na cidade... Mas a verdade é que as pessoas o tratam como qualquer outro habitante da cidade, e se rapidamente se disponibilizam para o ajudar a organizar o casamento da irmã, não é nada que não fizessem por qualquer outro residente.

E a melhor parte é poder passar tempo com Madeline. Ela é tão refrescantemente normal, adora o que faz e é linda! Mas poderá uma relação entre eles ter futuro?

Mais uma excelente história de uma série que adoro. A Madeline e o Jonny são tão fofos juntos e todo o cenário do casamento natalício é simplesmente delicioso! Muito bom!


Classificação: 4



Cover release day: THIS EARL OF MINE by Kate Bateman



THIS EARL OF MINE


Description:
In a desperate bid to keep her fortune out of her cousin’s hands, shipping heiress Georgiana Caversteed marries a condemned criminal in Newgate prison. The scoundrel’s first kiss is shockingly heated, but Georgie never expects to see her husband again. Until she spots him across a crowded ballroom.

Notorious rogue Benedict Wylde never expected a wife. He was in Newgate undercover, working for Bow Street. To keep their marriage of convenience a secret, Wylde courts Georgie in public, but the more time they spend together, the more their attraction sparks.

Could an heiress with the world at her feet find happiness with a penniless rake?

Author Bio:
Kate Bateman, (also writing as K. C. Bateman), is the #1 bestselling author of Regency, Victorian, and Renaissance historical romances, including the Secrets & Spies series: To Steal a Heart, A Raven’s Heart and A Counterfeit Heart. All her books feature her favorite feisty, intelligent heroines, (badasses in bodices!) wickedly inappropriate banter, and sexy, snarky heroes you want to both strangle and kiss.  

Kate wrote her first historical romance in response to a $1 bet with her husband who rashly claimed she'd 'never finish the thing.' She gleefully proved him wrong. When not traveling to exotic locations 'for research', she leads a not-so-secret double life as a fine art appraiser and on-screen antiques expert for several TV shows in the UK, each of which has up to 2.5 million viewers. She splits her time between Illinois and her native England, and writes despite three inexhaustible children and that number-loving husband who still owes her that dollar.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Opinião: "His Wicked Seduction"

Autor: Lauren Smith
Série: The League of Rogues #2
Editor: Samhain Publishing
Edição/reimpressão: Novembro de 2014
ISBN: 9781619223783
Páginas: 321


Sinopse: Can the League’s most wicked rakehell be tamed? Or has this Rogue fallen too far?

Horatia Sheridan has been hopelessly in love with Lucien, her brother’s best friend, ever since he rescued her from the broken remains of her parents’ wrecked carriage. His reputation as London’s most notorious rakehell doesn’t frighten her, for under his veneer of cool authority she has glimpsed a man whose wicked desires inspire her own.

Lucien, Marquess of Rochester, has deliberately nurtured a reputation for debauchery that makes every matchmaking mother of the ton quake with fear. His one secret: he is torn between soul-ripping lust for Horatia, and the loyalty he owes her brother.

That loyalty is put to the test when an old enemy of the League threatens Horatia’s life. With Christmas drawing near, he sweeps her away to his country estate, where he can’t resist granting her one wish—to share his bed and his heart.

But sinister forces are lurking, awaiting the perfect moment to exact their revenge by destroying not only whatever happiness Lucien might find in Horatia’s arms, but the lives of those they love.

Warning: This book contains an intelligent lady who is determined to seduce her brother’s friend, a brooding rake whose toy of choice in bed is a little bit of bondage with a piece of red silk, a loyal band of merry rogues and a Christmas love so scorching you’ll need fresh snow to extinguish it.


A minha opinião: His Wicked Seduction é uma delícia. Uma vez que já tinha lido os livros 3 e 4 da série, já sabia que o Lucien e a Horatia ficavam juntos, mas acompanhar o seu percurso até ao final feliz foi tão recompensador!

Horatia está apaixonada por Lucien desde o dia em que ele a salvou dos destroços da carruagem acidentada onde morreram os seus pais. Ela era apenas uma criança, mas nunca mais deixou de amar Lucien. Ele sabe o que ela sente por ele e o problema é que ela já não é uma criança, mas sim a mulher que ele nunca poderá ter... É que uma das regras da Liga é que as irmãs estão proibidas, e Horatia é irmã de Cedric, outro membro da Liga.

Por isso Lucien tem tentado manter-se o mais afastado possível de Horatia e, quando isso não é possível, trata-a com fria cordialidade. Horatia pensa que é porque ele a odeia porque, por causa dela, perdeu uma pretendida.

Mas agora há uma nova ameaça à Liga, nomeadamente a Cedric e à sua família, por isso vão todos passar o Natal com Lucien e a sua família na sua propriedade de campo. E agora que estão sob o mesmo tecto serão eles capazes de evitar sucumbir à tentação?

Obviamente que não e ainda bem porque as cenas entre estes dois... Digamos que ele tem uma predilecção por restrições com fitas vermelhas e ela não se importa nada com isso...

Acresce o facto de se passar no Natal e este ser relevante para a história. Muito bom mesmo!


Classificação: 5


domingo, 3 de fevereiro de 2019

Balanço Mensal (Janeiro 2019)

Fonte

Em Janeiro ouvi e li sete livros e estou quase a acabar o oitavo. Também consegui publicar muitas das opiniões de 2018 que ainda tinha em falta, o que significa que estão quase em dia...

Li e ouvi os seguintes livros: Their Second Chance de Katee Robert, Christmas Alpha de Carole Mortimer, The Season to Sin de Clare Connelly, Swipe de Kennedy Ryan , Close to Home de Suzanne Ferrell, Breath of Fire de Kathryn Nolan, Bombshell de Jen Frederick e estou a ler A Quinta dos Animais de George Orwell.



Foram todos boas leituras, só se destacando, pela negativa, The Season to Sin de Clare Connelly, que acaba abruptamente e não tem, propriamente, um final.


Estes foram os livros que comprei este mês:




O primeiro recebi para review e o segundo ganhei num passatempo:





Já ando há bastante tempo para o fazer, mas depois de ver este artigo, decidi que era desta que ia reorganizar as minhas estantes! Aqui ficam fotos do antes e em Fevereiro mostro o depois:








2019 Reading Challenge


Já li 7 livros do meu objectivo de ler 36. Para já, não está a correr mal...


Desafio Serial Killer 2019



Li apenas um livro do cartão:
  • Close to Home de Suzanne Ferrell, #Westen

Começei 3 séries, mas só estou a planear continuar a primeira:
  • Their Second Chance de Katee Robert, #The_Thalanian_Dynasty
  • Christmas Alpha de Carole Mortimer, #Alpha
  • The Season to Sin de Clare Connelly, #Christmas_Seductions


Goodreads recomenda 2019


Em Janeiro tinha escolhido ler Christmas Alpha de Carole Mortimer e li-o. É pequeno e lê-se bem, mas o suspense é fraquinho e o Natal é apenas casualmente referido... 

A escolha de Fevereiro foi muito fácil, uma vez que só li um livro em Fevereiro do ano passado e só tinha uma das recomendações... Assim, o livro que vou ler em Fevereiro é Brief Encounter de Alice Gaines.



Bingo Profissão do Herói 2019


Sem contar com os audiolivros, só li dois romances em Janeiro, pelo que só tenho 2 casas preenchidas: Livre (fotógrafo) e Médico.



Booked2019


Já li 2 livros para as categorias do Inverno:

1. FEMALE DETECTIVE (International Day of the Woman - March 8)
2. FAIRY TALE RETELLING (Grimm Brothers Birthdays, Jacob January 4; Carl February 24)
✔️3. REMINDS YOU OF YOUR HAPPY PLACE - Close to Home de Suzanne Ferrell
4. RELATED TO A PODCAST
5. SET IN IRELAND/IRISH AUTHOR (St Patrick's Day, March 17)
✔️6. NEW TO YOU AUTHOR (New Year's Day, January 1) - Christmas Alpha de Carole Mortimer



Kimberly Kincaid 2019 Reading Challenge


Janeiro foi o mês de ler a sexy romantic suspense to thrill you e eu li dois: Christmas Alpha de Carole Mortimer e Close to Home de Suzanne Ferrell. Ambos bastante sexy, mas mais focados no romance do que no suspense...

Em Fevereiro tenho de ler a second-chance romance to celebrate love. Parece-me bem!

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Opinião: "O Dia em que o Meu Bairro Ficou de Pantanas"

Autor: Rosário Alçada Araújo
Afonso Cruz
Editor: Texto Editores
Edição/reimpressão: Setembro de 2010
ISBN: 9789724739472
Páginas: 32


Sinopse: Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

Um pequeno mal-entendido dá lugar a uma série de episódios hilariantes num bairro que, durante algumas horas, fica de pantanas. Diverte-te a ler o texto, a ver as imagens e a descobrir palavras!

Experimenta encontrar todas as famílias de palavras, palavras parónimas, homógrafas, homófonas e homónimas que existem ao longo do texto. Será que vais ser capaz?

Procura depois em www.junior.te.pt/gramofone a solução deste desafio.


A minha opinião: O Dia em que o Meu Bairro Ficou de Pantanas foi o livro escolhido para a prova do 4º ano. Se O Grufalão apela à imaginação dos miúdos, O Dia em que o Meu Bairro Ficou de Pantanas recorre à empatia, contando-nos a história de um bairro que fica completamente de pantanas com o desaparecimento de um miúdo. Afinal, qualquer um dos leitores podia ser aquele menino... Enquanto a mãe percorre o bairro em busca do filho, somos apresentados a várias figuras e profissões, sendo que o texto é toda uma riqueza de palavras parónimas, homógrafas, homófonas e homónimas que os leitores podem identificar.

As ilustrações são de Afonso Cruz e são maravilhosas. Muito giro!


Classificação: 4

Opinião: "O Grufalão"

Título original: The Gruffalo
Autor: Julia Donaldson
Axel Scheffler
Tradutor: Maria da Fé Peres
Editor: Jacarandá
Edição/reimpressão: Setembro de 2018
ISBN: 9789898752024
Páginas: 32


Sinopse: Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Uma história engenhosa e matreira que arranca risadas ao leitor, O Grufalão é ao mesmo tempo elegante e divertido, simples na sua execução, já que joga habilmente com os medos de uma criança e, em seguida, mostra que até mesmo o mais ameaçador dos monstros nem sempre é tão assustador como parece.
O Grufalão, ilustrado por Axel Scheffler, é já um clássico infantil e um fenómeno editorial. Celebrando 15 anos em 2014, com mais de 3 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, foi eleito a história de embalar preferida da Grã-Bretanha pela BBC Radio 2 e deu origem a uma curta-metragem de animação transmitida pela BBC 1 no dia de Natal de 2009.


A minha opinião: No ano passado foi-me lançado o desafio de ser júri do concurso nacional de leitura para o 3º e 4º ano de escolaridade e o livro escolhido para a prova do 3º ano foi O Grufalão. Há muitos, muitos anos que não lia um livro infantil, mas adorei esta história do ratinho esperto que consegue enganar os outros animais, incluindo o grufalão! É tão divertido e as ilustrações também são fantásticas. Se têm miúdos leiam-lhes/dêem-lhes a ler este livro. Eles vão adorar!


Classificação: 4

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Opinião: "Na Memória dos Rouxinóis"

Autor:
Editor: Quetzal
Edição/reimpressão: Fevereiro de 2018
ISBN: 9789897224355
Páginas: 216


Sinopse: «Jorge Rousinol nem sempre foi Jorge Rousinol. Até 5 de agosto de 1945, era o Sete, um número primo.»

É assim que começa a história de Jorge Rousinol, um matemático galego que sempre defendeu o poder do esquecimento como o melhor instrumento para a tomada de decisões. Porém - estranha decisão para quem nunca quis recordar -, no final da vida encomenda uma biografia para perpetuar as suas descobertas, as suas desilusões e as suas pequenas glórias.  O biógrafo escolhido acaba por ser alguém com quem privara décadas antes e que se vê, ele próprio, envolvido em memórias que hão de surpreender o leitor.

É um romance em três tempos (o do passado do biografado, o do passado do biógrafo e o do presente que os une), que confirma a escrita fantástica, inesperada e inovadora de Filipa Martins com a leveza e a rara sensualidade que atravessa a vida destes personagens.


A minha opinião: Tinha grandes expectativas em relação a Na Memória dos Rouxinóis. A sinopse deixava antever uma história familiar com enganos e segredos e eu sou particularmente fã dessas histórias. E a verdade é que até tem, mas a execução, na minha opinião, deixa muito a desejar...

Não é que a autora escreva mal, nada disso, escreve até muitíssimo bem. Mas fiquei com a sensação que se esforça demasiado para o provar. A escrita pareceu-me forçada e a necessidade de estar constantemente a provar a sua cultura, com a inserção de factos aleatórios e sem qualquer relevância para a história, sinceramente, irritou-me... E depois há um pormenor que, para mim, é apenas parvo: o biógrafo escolhido é o marido do sobrinho de Jorge Rousinol, mas na verdade eles são primos, só que a autora resolveu que preferia que fossem tio e sobrinho - o que nos indica - e por isso é assim que os trata (e que eles se tratam).

Fonte
Porquê???

Enfim, no meio de tudo isto, a história, que até tinha potencial, enrola-se um bocado e acabei por não querer saber do que acontecia a nenhum dos personagens, porque todos eles são um bocado auto-destrutivos.

Não lhe dei um 1 porque gostei das partes do passado, da história dos pais e dos avós do Rousinol, e do contexto histórico da mesma. Mas, provavelmente, não vou voltar a ler a autora.


Classificação: 2

Romance Readathon Bingo

Resolvi participar numa maratona literária dedicada ao romance que irá durar todo o mês de Fevereiro. O objectivo é ler romances que se enquadrem nos temas do cartão e tentar fazer, pelo menos, um bingo. Como é necessário ter uma opinião publicada para que a leitura conte, espero que me motive a tê-las, finalmente, em dia!

E este é o cartão: