sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Opinião: "A Cowboy Under Her Christmas Tree"

Autores: Patricia Mason e Joann Baker
Editor: Blush Publishing
Edição/reimpressão: Novembro de 2014
ASIN: B00Q9J44WG
Páginas: 121
Origem: Gratuito na Amazon

Sinopse: Brady Donovan had never had a real home until the day he met Lloyd Langley. But it wasn’t the rambling, warm ranch house that made him feel he’d finally found a place to belong, it was Lloyd’s granddaughter, Taylor.

The curvy woman was beautiful and selfless, always taking care of others without a thought for herself. When her grandfather died, she had only Danny—her older, reckless brother who wanted to leave and ride the rodeo circuit.

Brady had to make a choice—stay with the woman who held his happiness in her hands, or keep her wayward brother from harm. Fighting his feelings for her, he leaves.

Taylor tried to hate Brady for taking her to his bed, then taking off without a word, but one look at his darkly handsome face told her hate wasn’t exactly what she was feeling. Having him under her roof, even if was only for the holidays, was sorely going to try her resolve to keep her distance. Especially when he was so darn helpful—taking over her chores, keeping her brother in line, and getting her the most beautiful Christmas tree. Then making the most delicious love to her under it.

But he was still going to leave again—wasn’t he?

A minha opinião: Não se deixem enganar pela capa medonha. A Cowboy Under Her Christmas Tree é um romance de Natal bastante fofinho e sensual. Confirma o provérbio "Não julges um livro pela capa".
"There was a huge difference in being alone and being lonely."

Taylor Langley nem quer acreditar quando o irmão Danny lhe liga de véspera a avisar que vem passar o dia de Acção de Graças a casa. E trás Brady Donovan com ele...

Ela não o vê há mais de um ano, desde que ambos regressaram a casa para o aniversário dela e depois de ele lhe ter dado o melhor presente de aniversário de sempre, acordou numa cama vazia, com um bilhete do irmão e nem uma palavra de Brady. Por isso, desta vez, ela não tem intenção de cair na lábia dele.

Se Brady pudesse escolher, nunca teria deixado Taylor. Mas ele sabe que se não estiver lá para tomar conta de Danny, ele acabará por se meter em sarilhos. E nunca nada lhe custou tanto como deixá-la naquela cama e partir. Só que agora pode ser tarde demais já que ela está envolvida com o vizinho...

Taylor não está realmente envolvida com Sam, mas ele está convencido que fazer ciúmes a Brady é a coisa certa a fazer. E parece estar a resultar. Cederem à atracção é inevitável, mas o que acontecerá quando for altura de Brady partir novamente?

Adorei o Brady e a Taylor como casal. Ela é apaixonada por ele desde adolescente e ele por ela desde sempre. Ela é gordinha e tem baixa auto-estima, mas ele adora-a exactamente como ela é e não mudava nadinha! Já o Danny... várias vezes só me apeteceu bater-lhe! Ele é infantil e egoísta e eu adorava que as autoras lhe arranjassem uma mulher que o metesse num inferno... Eu quero ler isso! Enquanto isso, vou ver se leio os que já estão escritos.

Classificação: 4

-------------------------------------------------------------------

Este livro conta para o Desafio What's in a Name? 2016 (Tree).

Sem comentários :

Enviar um comentário