quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Balanço Mensal (Fevereiro 2012)

Fonte
Fevereiro também foi um excelente mês em termos de leituras! Li 3 livros: O filho de mil homens de Valter Hugo Mãe, Ricochete de Sandra Brown e O Nascimento de Vénus de Sarah Dunant; 2 contos: Seducing Jason de Brandi Evans e Crazy Emma de Brandie Buckwine; e ouvi o áudio livro Harry Potter and the Philosopher's Stone de J.K. Rowling e narrado por Stephen Fry.

Quanto a aquisições, voltei a desgraçar-me... Mais 9 livros nas prateleiras! Em minha defesa, foram todos comprados em promoções e os dois últimos vieram através do Winkingbooks.

On My Wishlist (10)

On My Wishlist é uma rubrica semanal, organizada pela Carolyn do blog Book Chick City, na qual irei listar as novas adições à minha lista de desejos, quer se tratem de novidades ou de clássicos.

Terminei hoje O Nascimento de Vénus, de Sarah Dunant e adorei! É um romance histórico fantástico! Mal posso esperar por voltar à Itália da Renascença...

Título: Corações Sagrados
Autor: Sarah Dunant
Sinopse: Em plena Renascença, o convento de Santa Caterina está repleto de mulheres da nobreza cujos comportamentos foram reprovados pelas suas famílias. Muitas estão já resignadas com esse destino. Mas a recém-chegada Serafina não se conforma. Vive obcecada com a fuga e o homem que ama. A sua revolta quebra a harmonia do convento dirigido por Madonna Chiara, uma abadessa tão à vontade na política como na oração. Ela entrega Serafina aos cuidados da Suora Zuana, a jovem freira que dirige o dispensário e trata todas as maleitas, da pestilência à melancolia e à automutilação. Perante a improvável amizade que vai unir estas duas mulheres, há quem se mantenha vigilante, como é o caso da severa Suora Umiliana e da misteriosa Magdalena, com um passado de êxtases e visões… Mas o espírito rebelde de Serafina vai abalar irreversivelmente a vida do convento e as mais profundas convicções das suas ocupantes.

Com um fascinante elenco de personagens femininas, Corações Sagrados é um romance sobre poder, criatividade, paixão – secular e espiritual – e o indomável espírito das mulheres numa época em que as forças religiosas, políticas e sociais se uniam contra elas.

Fátima Marinho apresenta o seu mais recente livro em Braga



A escritora regressa a uma das suas cidades adotivas, a par com Cabeceiras de Basto

FÁTIMA MARINHO APRESENTA O SEU MAIS RECENTE LIVRO EM BRAGA

“Ama-me sem me suportares!” tem cem poesias e um conto. O crítico, cineasta e encenador Jorge Listopad descreve a poesia da escritora como “espontânea baseada no sentimento entre a delicadeza e a exacerbação, tipicamente feminina, tal como era a poesia de Florbela Espanca ou de Anna Akmatova”
Fátima Marinho apresenta no próximo sábado, 3 de março, na FNAC do Bragaparque, o seu mais recente livro, “Ama-me sem me suportares!”. A escritora de “À Procura de um Lugar” e “O Mistério das Coisas Erradas”, lança agora a primeira obra de poesia. Uma poesia que, segundo Jorge Listopad, escritor, publicista, conferencista, professor universitário, crítico, realizador de televisão e encenador checo, há vários anos naturalizado português, é “espontânea baseada no sentimento entre a delicadeza e a exacerbação, tipicamente feminina, tal como era a poesia de Florbela Espanca ou de Anna Akmatova”.

“Ama-me sem me suportares!” contém 100 poesias – onde surge incluído o poema que dá nome ao livro – e 1 conto, "Anjo de Jade". Sobre a obra, Fátima Marinho diz que “é um ensaio imperfeito sobre a métrica dos sentimentos – mas a prova adequada das suas aderências”. “Quis escrever poemas de amor, de saudade, de morte, de esperança e, durante sete capítulos, mantive o esforço, até desaguar nos fragmentos, para deixar que os poemas fossem exatamente isso: pequenos pedaços de tudo”, acrescenta.

Parceria com a Alphabetum Editora

O Tantos Livros Tão Pouco Tempo inicia a sua primeira parceria, com a Alphabetum Edições Literárias. Podem consultar informações sobre esta editora no site da mesma.

Passarei a divulgar informação sobre os seus lançamentos e eventos, e poderão vir a existir passatempos... Fiquem atentos!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Teaser Tuesday (55)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"Na verdade, e tal como o meu marido, eu sempre achara que ficaria mais acompanhada no Inferno do que no Paraíso, mas tinha havido momentos em que a luz aquecera a minha alma. Parti em busca deles, na esperança de que também lha aquecessem."
~ p. 277, “O Nascimento de Vénus” de Sarah Dunant

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A capa mais bonita (41)

A capa mais bonita é uma rubrica semanal do Tantos Livros Tão Pouco Tempo (inspirada na rubrica Cover Vs Cover do blog Library Mosaic) na qual cada semana é escolhido um livro e são comparadas a capa da edição original (sempre que possível) e a capa da edição portuguesa e, através de uma votação, é elegida a capa mais bonita.

Na semana passada, com uma esmagadora maioria, a capa vencedora foi a capa portuguesa de Ricochete com 11 votos contra 2.

Esta semana comparamos as edições original e portuguesa de Por Um Fio de Thomas McGuane. Adoro a capa portuguesa embora não possa dizer se é ou não fiel à história por não ter lido o livro. E vocês, que acham?

Capa Inglesa
Capa Portugal
l l l l l l l l l l l l l l l l l
Qual a capa mais bonita?
  
pollcode.com free polls 

Conto: "Crazy Emma"

Autor: Brandie Buckwine
Edição/reimpressão: Abril de 2011
Páginas: 7
Smashwords Edition (Ebook gratuito)

Sinopse: What would make an otherwise sensible and stable woman fake a past acquaintance with a man she's never met? Love and lust at first sight, that's what!

Emma doesn't believe in love, yet one look at a total stranger makes her take extraordinary measures to meet and seduce the man she'd never dreamed of finding.

 
A minha opinião: Mais um conto recomendado pelo Goodreads. Gostei mais deste do que do anterior porque, apesar de menos explícito, acaba por ter maior enquadramento, conta uma história e não se limita à descrição de um encontro sexual. Crazy Emma conta-nos a história de Emma que trabalha num restaurante e que, numa altura de pouco movimento, vê numa das mesas um rapaz pelo qual se sente imediatamente atraída. Apesar de não ser uma atitude típica nela, vai até à mesa e finge que o conhece. E pronto, já estão a ver onde isto vai dar não é? E se a vossa resposta é à arrecadação do restaurante, então estão certos!

Classificação: 3

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Friday's Photo (53)

Fonte
Bom fim de semana e boas leituras!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Theme Thursday - Cheirar

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - CHEIRAR

"Levei as mãos à boca para abafar um grito e, ao fazê-lo, reparei no cheiro  dos meus dedos: era o mesmo odor adocicado a podridão que saía do corpo dele no dia da sessão de pintura na capela; uma sessão que, recordava agora, tivera lugar no dia a seguir a outra das suas incursões nocturnas pela cidade."

~ p. 141, “O Nascimento de Vénus" de Sarah Dunant

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Teaser Tuesday (54)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"Passei o jantar todo amuada, castigando Maria com os meus silêncios, e retirei-me cedo para o quarto, onde encostei uma cadeira à porta, dirigindo-me à gaveta do guarda-roupa. É importante uma pessoa dispersar os seus tesouros."
~ p. 44, “O Nascimento de Vénus” de Sarah Dunant

Conto: "Seducing Jason"

Autor: Brandi Evans
Edição/reimpressão: Fevereiro de 2011
Páginas: 8
Smashwords Edition (Ebook gratuito)

Sinopse: Maggie wants her brother's best friend, and tonight, she's gonna make her move...
 
A minha opinião: No Domingo terminei o Ricochete e não tinha outro livro à mão pelo que resolvi explorar as recomendações do Goodreads quanto a contos. Acabei por escolher este Seducing Jason que, no fundo, nos conta a noite em que a Maggie finalmente ganha coragem para seduzir o Jason, que é o melhor amigo do seu irmão. Ou seja, não tem grande história que não seja a do encontro sexual entre ambos. Mas se gostarem de contos eróticos, podem fazer o download gratuito do mesmo no link acima.

Classificação: 2

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Opinião: "Ricochete"

Título original: Ricochet
Autor: Sandra Brown
Tradutor: Lídia Geer
Editor: Quinta Essência
Edição/reimpressão: Setembro de 2011
ISBN: 9789898228642
Páginas: 462

Sinopse: Quando o detetive Duncan Hatcher é chamado à mansão do juiz Cato Laird para investigar uma morte, compreende que a discrição é a chave para manter o seu emprego. Elise, a mulher-troféu do juiz, afirma ter matado a tiro um gatuno em legítima defesa, mas Duncan tem quase a certeza de que ela mente. A investigação que faz ao passado pouco suspeito de Elise convence-o de que ela é mentirosa, manipuladora e, mais do que provavelmente, uma assassina.
Mas quando Elise desaparece…
Sem saber em quem acreditar, Duncan vê-se envolvido na investigação de um homicídio que desafia a sua lógica, o seu infalível instinto e a sua inabalável integridade. Não confia em ninguém, exceto na palavra do criminoso que prometeu eliminá-lo. E confia ainda menos na mulher que mais deseja.

A minha opinião: Sandra Brown é uma autora que não desilude. Desta feita a história é-nos contada na perspectiva do protagonista masculino, o que é uma novidade nos livros que já li da autora. Duncan Hatcher é um detective da polícia de Savannah que, por causa de uma questão técnica, vê o criminoso Robert Savich ser posto em liberdade uma vez mais. Mas desta feita não é capaz de se conter e acaba por explodir em tribunal, extravasando a sua raiva e frustração e dizendo ao juiz exactamente o que pensa dele. O juiz Cato Laird ainda tenta acalmá-lo, mas acaba por condená-lo por desrespeito ao tribunal e Hatcher é preso durante 48 horas.

É libertado no dia em que a sua parceira DeeDee irá receber uma condecoração e, uma vez que tinha prometido ir como seu acompanhante, acaba por ir ao jantar, ainda que contrariado. E é aí que vê Elise pela primeira vez e literalmente fica ofuscado pela sua beleza. O pior é quando DeeDee lhe diz que o apelido de Elise é Laird ou seja, é a mulher do juiz que o mandou para a prisão.

Duas semanas mais tarde, são chamados a casa do juiz onde Elise matou um ladrão. Segundo Elise o desconhecido atirou primeiro e ela matou-o para se defender, mas tanto Duncan como DeeDee têm sérias dúvidas... E quanto mais investigam, menos plausível a teoria da legítima defesa parece. Quando Elise procura Duncan e lhe pede ajuda, ele continua a não acreditar nela e tem sérias dificuldades em manter a objectividade e em cumprir as regras tal é o desejo que sente por ela. Mas quando Elise desaparece, Duncan começa a questionar se não deveria ter acreditado nela.

Esta é uma história cheia de reviravoltas, em que as personagens acabam por estar todas relacionadas, e em que até ao final não sabemos bem quem são os bons e quem são os maus. A tensão sexual continua presente, assim como algumas cenas mais quentes, mas são indispensáveis à história.

Acabou por não ser tão surpreendente como alguns dos livros que já li da autora, mas mesmo assim gostei bastante deste Ricochete. Esta primeira edição tem alguns erros de revisão que, espero, venham a ser corrigidos numa próxima edição, mas nada de muito grave.

No ano passado foi feito um telefilme baseado no livro que vou tentar ver. Não encontrei nenhum trailer, só um behind the scenes, mas já dá para ter uma ideia.



Classificação: 4

-------------------------------------------------------------------

Este livro conta para os Desafios Mystery & Suspense 2012 e Mount TBR 2012.

A capa mais bonita (40)

A capa mais bonita é uma rubrica semanal do Tantos Livros Tão Pouco Tempo (inspirada na rubrica Cover Vs Cover do blog Library Mosaic) na qual cada semana é escolhido um livro e são comparadas a capa da edição original (sempre que possível) e a capa da edição portuguesa e, através de uma votação, é elegida a capa mais bonita.

Há duas semanas, a capa vencedora foi a capa portuguesa de Dinheiro de Sangue com 12 votos contra 5.

Esta semana comparamos as edições original e portuguesa de Ricochete de Sandra Brown. A capa original é, sem dúvida mais fiel ao título, mas acho a portuguesa mais bonita. E vocês, que acham?

Capa Inglesa
Capa Portugal
l l l l l l l l l l l l l l l l l
Qual a capa mais bonita?
  
pollcode.com free polls 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Friday's Photo (52)

Fonte
Com esta máscara até eu brincava ao Carnaval...
Bom fim de semana com muita folia e boas leituras!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

2º Aniversário

Fonte

O Tantos Livros Tão Pouco Tempo faz hoje dois anos! O balanço continua a ser francamente positivo! Não só tenho conseguido ler cada vez mais (o blog foi iniciado com o objectivo principal de me motivar a ler mais), como tenho diversificado as minhas leituras tendo, assim, aumentado não só a quantidade, mas também a qualidade das minhas leituras.

Nestes dois anos publiquei um total de 699 posts, dos quais 61 foram opiniões, criei duas rubricas semanais (que por vezes não surgem todas as semanas...) e participei em rubricas semanais de outros blogs. Continuo a descobrir novos blogues e novos bloggers que sigo diariamente com prazer. Também tive a oportunidade de conhecer alguns bloggers pessoalmente e foi um prazer conhecê-los e falar de livros com eles.

Recentemente promovi, em conjunto com outros blogs, com a editora Asa e com o autor Tiago Rebelo, o Concurso Literário Breve História de Amor, uma iniciativa em que tive muito prazer em participar e que espero poder voltar a repetir.

Resta-me agradecer aos 94 seguidores do blog, bem como a todos os seus visitantes. Não podendo oferecer-vos um bolo real, terão de se contentar com um virtual... Espero que se continuem a sentir em casa neste meu cantinho e que continuem a visitar e a comentar.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Teaser Tuesday (53)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"- Que escolha?
 - Exactamente a minha opinião - replicou o juiz rindo-se, erguendo as mãos. - Aos olhos de muita gente, sou um homem digno de dó, um palerma apaixonado. Apaixonei-me por ela assim que a vi e continuo apaixonado."
~ p. 157, “Ricochete” de Sandra Brown

Divulgação: "Donzela Sagrada - A Filha dos Três Sangues" de Diana Tavares

A pedido da autora, aqui fica a divulgação da segunda parte de "Donzela Sagrada".

SINOPSE:
Quatro meses se passaram desde aquele fatídico dia de Outubro, e Hana Warren tenta continuar com uma vida normal – família, amigos, escola – ao mesmo tempo que é atormentada pelos eventos passados.

Enquanto em Thunderland, Prue e Páris assumiram o trono e preparam o nascimento de um novo reino, ainda com as feridas da antiga batalha por cicatrizar.

Mas estranhos acontecimentos começam a acontecer em ambos os mundos. Inimigos regressam, um novo e perigoso mundo paralelo é dominado pelas trevas, e Hana encontra-se no centro da guerra entre o Bem e o Mal.

Agora, ela terá de escolher, entre o poder de Zeus e o poder de Nyx, sabendo que a sua decisão irá decidir o destino do Universo.

Zeus ou Nyx? Bem ou Mal? Esperança, ou vingança?


Preço - 12 euros
sites: horaediana@gmail.com
www.euedito.com

Passatempo Breve História de Amor: temos vencedora!

Com um total de 83 histórias, penso que posso dizer que este passatempo foi um sucesso!

Muito obrigada a todos os que participaram, espero que voltem a participar em futuros passatempos! Obrigada também à Editora Asa e ao Tiago Rebelo pelo convite para me associar a esta iniciativa. Espero que tenha sido apenas a primeira de muitas!

Em relação aos resultados, resolvi anunciar os três primeiros lugares e, assim, em segundo lugar, ex aequo, ficaram as histórias “Cúmplices” e “Prenda da Madrugada”.


E a história vencedora é...

“O tempo é um absurdo” de Marlene Ferraz.

Muitos parabéns à vencedora!

Aqui fica a história:

o tempo é um absurdo
por Marlene Ferraz

Ficou espantado quando abriu o Livro do Desassossego e, de dentro dele, cai um bilhete com uma caligrafia tão mecanizada e dura que em nada avisava o que estaria escrito.
Desassossego-me, também. Aonde estará esse amor que nos faz mais cobardes mas inteiros? Espero. Espero-te. Ofélia
A claridade do papel fazia adivinhar que teria sido escrevinhado em tempos já modernos. Talvez ontem, até. Dedicou-se à leitura do texto durante dias, mordido por uma curiosidade rara. Não é propriamente crente em coincidências mas, antes de entregar o livro à bibliotecária, enfiou um outro bilhete.
Aconselho a sua alma aflita a ler Criação do Mundo, do respeitável Torga, para que encontre o amor que procura nas coisas mais simples. Nem só os homens sabem dar amor. Também a chuva e as árvores. É um amor mais sensato, mas não menos inteiro. José
Curiosamente, a refutação veio breve, no livro sugerido pela mão masculina.
É antiga a dor do amor entre homens e mulheres, amor esse que nada substitui. Tens coração dentro de ti? Aconselho-te os poemas do Livro das Mágoas, da Florbela Espanca. Ofélia
José procurou o livro da poetisa no dia imediato. Mesmo antes de acabar a leitura dos trinta e seis sonetos, quis falar por escrito. Desejou que a bibliotecária não desse conta do bilhete e o considerasse lixo vulgar dos leitores desatentos.
Estimada Ofélia, é o coração um lugar grande. Sofro também nessa procura, mas o amor é mais do que um talão de lotaria. Leia Ensaio sobre a Cegueira, do nosso laureado. Sempre, José
Ela respondeu com o intervalo de quatro dias.
Inspiras-me. Desafio-te a nos encontrarmos, aqui. Ao começo da tarde do primeiro dia da semana, estarei na sala das revistas, na primeira cadeira pelos ponteiros do relógio. Tu estarás na terceira. Falaremos se o coração assim mandar. Tua, Ofélia
Ficou nervoso, as mãos trémulas. Esteve dias sem ir à biblioteca, interrompido entre a vontade e o medo. Mas, no primeiro dia da semana, sentou-se na terceira cadeira pelos ponteiros do relógio. Com uns aparelhos de ouvir música nos ouvidos, uma rapariga com olhos pintados de preto. Não teria mais de quinze anos. Agitada, a mascar uma chiclete, batia com as sapatilhas dum rosa forte no chão, prolongada por uns jeans justos e rompidos. José estava com o melhor fato, comprado há quase cinquenta anos. Boa fazenda, ainda firme. Os sapatos escovados, as meias de domingo. Na cabeça, o panamá pardo. Encostada à cadeira, a bengala. A rapariga olhou-o com incómodo. Talvez pensasse que estaria aquele homem a ocupar o lugar do esperado José. Esperaram os dois. Em vão. Porque a Ofélia não veio nenhum amor poético nem a José um amor maduro. A rapariga foi a primeira a levantar-se. Só nesse momento José pode ver que nas mãos dela estava o Livro do Desassossego. Ofélia, um rebento. Ofélia, um impedimento. Levantou-se, também. Ainda vazio, mas acostumado. Disse ainda a quem quisesse ouvir. O tempo é um absurdo. E desandou, sem poder curar o coração dela.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Ajudem-me...

Alguém tem o Casamento de Conveniência da Madeline Hunter? Podem-me confirmar quantas páginas tem? Acabei de receber o meu exemplar e estranhei o facto de não existir uma página em branco entre a última página e a capa. Então fui verificar ao site da Asa que diz que o livro tem 352 páginas e o meu só tem 320... Acho uma diferença muito grande. Alguém me pode confirmar se é mesmo assim ou se faltam páginas ao meu exemplar?

Novidade Asa

UMA NOITE DE AMOR
MARY BALOGH
Colecção Romance
PVP 15,90 eur
368 págs.

Sinopse:
Ele é um aristocrata, um homem de sucesso e poder. Mas o seu coração ficou destroçado... em Portugal.

Numa manhã perfeita de Maio…
Neville Wyatt, conde de Kilbourne, aguarda a sua noiva no altar. Mas, para espanto geral, em vez da bela jovem que todos conhecem aparece uma mendiga andrajosa. Perante a nata da aristocracia, o perplexo conde olha para ela e declara que é Lily, a sua mulher! Ao olhar para aquela que em tempos desposou, que amou e perdeu nos campos de batalha de Portugal, ele compromete-se a honrar o seu compromisso… apesar do abismo que agora os separa.

Até que Lily fala com franqueza…
E afirma querer começar de novo… e que Neville a ame verdadeiramente. Para isso, sabe que terá de estar à altura das expectativas dele, o que a leva a aceitar ser dama de companhia da sua tia e aprender as boas maneiras. A determinada Lily rapidamente conquista a admiração da alta sociedade, demonstrando ser uma condessa à altura do seu conde. Por seu lado, Neville está disposto a tudo para provar à sua formidável mulher que o que sentiu por ela no campo de batalha foi muito mais que desejo, muito mais do que o arrebatamento de...

Uma noite de amor.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Friday's Photo (51)

Fonte
Ainda que não esteja tanto frio como no fim de semana passado, penso que será um fim de semana perfeito para leituras no quentinho dos cobertores...

Aproveitem! Bom fim de semana e boas leituras!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Theme Thursday - Ouvir

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - OUVIR

"Exactamente o que Duncan receara, mas ouvi-lo era pior do que temer ouvi-lo. Encostou a cabeça para trás e fechou os olhos."

~ p. 24, “Ricochete" de Sandra Brown

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Opinião: "O filho de mil homens"

Autor: Valter Hugo Mãe
Editor: Alfaguara
Edição/reimpressão: Outubro de 2011
ISBN: 9789896721077
Páginas: 260

Sinopse: Esta é a história de Crisóstomo que, chegando aos quarenta anos, lida com a tristeza de não ter tido um filho. Do sonho de encontrar uma criança que o prolongue e de outros inesperados encontros, nasce uma família inventada, mas tão pura e fundamental como qualquer outra.
As histórias do Crisóstomo e do Camilo, da Isaura, do Antonino e da Matilde mostram que para se ser feliz é preciso aceitar ser o que se pode, nunca deixando contudo de acreditar que é possível estar e ser sempre melhor. As suas vidas ilustram igualmente que o amor, sendo uma pacificação com a nossa natureza, tem o poder de a transformar.
Tocando em temas tão basilares à vida humana como o amor, a paternidade e a família, O filho de mil homens exibe, como sempre, a apurada sensibilidade e o esplendor criativo de Valter Hugo Mãe.

A minha opinião: Este foi o primeiro livro que li de Valter Hugo Mãe e, se não fosse o livro escolhido para a próxima sessão da Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal, não me teria estreado neste autor tão cedo. Mas não me arrependo nada! 

O filho de mil homens é uma história composta de várias histórias que se cruzam de forma magistral. No fundo, é a história de uma série de personagens infelizes que por força do destino ou das circunstâncias, vêm as suas vidas interligadas e, juntas, formam a mais improvável das famílias e conseguem, finalmente, ser felizes.

O quarentão que queria um filho, o filho da anã que fica órfão, a mulher enjeitada, o maricas, a mãe do maricas e a cria são a família improvável que se forma ao longo das páginas deste livro e cujos destinos nos prendem à sua leitura sempre na expectativa de saber o que irá acontecer a seguir.

Estranhei um pouco a escrita do autor, apesar do livro estar recheado de citações maravilhosas, mas do que já li sobre a sua obra, parece que este é um dos livros de leitura mais fácil. Talvez tenha sido o livro ideal para me estrear na leitura de Valter Hugo Mãe e fiquei com curiosidade para ler mais livros do autor.

Classificação: 4

Opinião: "Morte no Nilo"

Título original: Death on the Nile
Autor: Agatha Christie
Série: Hercule Poirot #18
Tradutor: Isabel Alves
Colecção: Obras de Agatha Christie nº30
Editor: Edições Asa
Edição/reimpressão: Fevereiro de 2011
ISBN: 9789724141701
Páginas: 272

Sinopse: A tranquilidade de um cruzeiro ao longo do Nilo é ensombrada pela descoberta do cadáver de Linnet Ridgeway. Ela era jovem e bela; e tinha tudo… até perder a vida! Hercule Poirot apercebe-se de que, a bordo do navio, todos os passageiros são possíveis assassinos: pelas mais diversas razões, todos tinham algo a apontar a Linnet. Mas quem terá sido levado ao acto extremo de a alvejar? Ainda que tudo aponte para a mesma pessoa, o detective cedo descobre que naquele cenário exótico nada é exactamente o que parece.

A minha opinião: Mais um excelente mistério de Hercule Poirot! Agatha Christie não pára de me surpreender e ainda bem!

Morte no Nilo inicia-se em Inglaterra onde ficamos a conhecer Linnet Ridgeway, o seu mundo e as pessoas que dele fazem também parte. E mais uma vez não há nenhum pormenor sem importância, e situações que parecem inconsequentes acabam por ter relevância mais tarde. A autora é exímia a transmitir uma atmosfera de "paz podre" à volta de Linnet, ou seja, embora nos seja apresentada como boa pessoa, generosa e encantadora, percebemos que há muito ressentimento, interesse e inveja à sua volta. E a própria Linnet não tem qualquer noção da realidade pois, segundo a mesma, não tem "um único inimigo no mundo".

Uma vez no Egipto, apercebemo-nos rapidamente que a autora reuniu uma série de personagens com muito que se lhes diga... E também parece claro que não se encontram naquele navio por coincidência. Têm um motivo concreto (uns legítimo, outros nem tanto) para se encontrarem no navio onde Linnet Ridgeway está a passar a lua de mel. O assassinato de Linnet não é imediato, o que aumenta a atmosfera de desconfiança. Após a morte de Linnet, quando Poirot começa a investigação, parece que praticamente todas as pessoas a bordo do navio tinham motivo para querer a sua morte. E uma vez que o crime acontece no navio, o leque de suspeitos é limitado, teve de ser alguém a bordo.

Tal como é típico da autora, existe uma série de mistérios menores que Poirot desvenda, eliminando suspeitos, à medida que outras personagens são assassinadas por saberem de mais... Ou seja, praticamente todos os passageiros do navio têm um segredo, embora possa não ter nada a ver com Linnet e a sua morte, e Poirot completa o puzzle pondo todas as peças no sítio.

O final é, mais uma vez, genial e, embora intrincado, faz todo o sentido quando explicado por Poirot. Desta vez desconfiei do "quem", mas estava totalmente à nora quanto ao "como" e "porquê".

Fiquei com muita vontade de ver as adaptações, quer o filme de 1978 com Angela Lansbury no papel de Mrs. Otterbourne (ainda que algumas personagens tenham sido retiradas), quer o telefilme com David Suchet como Poirot (pelo que li, mais fiel à história).

Classificação: 5

-------------------------------------------------------------------

Este livro conta para os Desafios Mount TBR 2012Cruisin' thru the Cozies 2012, Mystery & Suspense 2012 e Vintage Mystery Reading 2012.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Teaser Tuesday (52)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"A pergunta foi recebida com um olhar ameaçador. O empregado do bar encolheu os ombros e serviu-lhe outro uísque.
  - O funeral é seu."
~ p. 7, “Ricochete” de Sandra Brown

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

A capa mais bonita (39)

A capa mais bonita é uma rubrica semanal do Tantos Livros Tão Pouco Tempo (inspirada na rubrica Cover Vs Cover do blog Library Mosaic) na qual cada semana é escolhido um livro e são comparadas a capa da edição original (sempre que possível) e a capa da edição portuguesa e, através de uma votação, é elegida a capa mais bonita.

Na semana passada, com 13 votos contra 4, a capa vencedora foi a da edição portuguesa de O Cerco de Krishnapur.

Esta semana comparamos as edições original e portuguesa de Dinheiro de Sangue de David Ignatius. Embora goste bastante da capa portuguesa, acho que a original transmite melhor uma aura de mistério associada a uma história de espionagem. E vocês, que acham?

Capa Inglesa
Capa Portugal
l l l l l l l l l l l l l l l l l
Qual a capa mais bonita?
Capa Americana
Capa Portuguesa
  
pollcode.com free polls 

Liebster Blog


A Luh, do blog Currently Reading, enviou-me o selo Liebster Blog. Muito obrigada, Luh!

De acordo com as regras, envio-o aos seguintes cinco blogues:
Chaise Longue

Espero que gostem!

Regras:
1. Link de volta com o blogueiro que lhe deu;
2. Cole o selinho em seu blog;
3. Escolha 5 blogs para repassá-lo, que tenham menos de 200 seguidores;
4. Deixar comentário avisando que estão recebendo o selinho.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Theme Thursday - Ver

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - VER

"A Isaura fechava a boca. Sentia-se feia, via-se feia. Lavava-se e sentia-se suja, via-se suja."

~ p. 61, “O Filho de Mil Homens" de Valter Hugo Mãe