sábado, 31 de março de 2012

Mount TBR 2012 Checkpoint


ATTENTION: This post will be writen in Portuguese and English.

Até agora este desafio está a correr muito bem. Dos 12 livros que me propus ler já li 6, ou seja metade!

Não sei se vou conseguir manter o ritmo, mas espero que sim. Quem sabe não acabo por conseguir escalar uma montanha mais alta?

Os livros que li até agora:
À Beira do Abismo, de Ray­mond Chan­dler
O Rapaz do Pijama às Riscas, de John Boyne
Morte no Nilo, de Agatha Christie
Ricochete, de Sandra Brown
Heat Wave, de Richard Castle
O Mistério de Battersea, de Dorothy L. Sayers

O livro que tinha há mais tempo na estante era O Rapaz do Pijama às Riscas, residente desde 2010.


So far, so good. Of the 12 books I intended to read, I've already read half!

I don't know if I'll be able to keep up, but I hope so. Who knows if I won't end up climbing a higher peak?

The books I read so far:
The Big Sleep, by Ray­mond Chan­dler
The Boy in the Striped Pyjamas, by John Boyne
Death on the Nile, by Agatha Christie
Ricochet, by Sandra Brown
Heat Wave, by Richard Castle
Whose Body?, by Dorothy L. Sayers

The book that had been the longest on my shelf was The Boy in the Striped Pyjamas, a resident since 2010.

Opinião: "O Mistério de Battersea"

Título original: Whose Body?
Autor: Dorothy L. Sayers
Série: Lord Peter Wimsey #1
Tradutor: Luís Manuel Bernardes
Colecção: Alibi - Os Clássicos do Policial nº34
Editor: Edições 70
Edição/reimpressão: Janeiro de 1992
ISBN: 9724408388
Páginas: 176

Sinopse: O corpo depositado na banheira do arquitecto Thipps pertencia a um homem de meia idade. Como única peça de vestuário tinha um pince-nez. Quem era ele e como fora lá parar?

Para o inspector Sugg, tratava-se de Sir Reuben Levy, o financeiro da City, desaparecido no mesmo dia.

Mas a verdade era bem diferente e bem mais sinistra... coube a Lord Peter Wimsey enfrentá-la.

A minha opinião: O corpo de um homem aparece completamente nú, excepto por um pince-nez, na banheira do arquitecto Thipps. Na véspera, o rico financeiro Sir Reuben Levy desaparece misteriosamente de sua casa também supostamente nú e descalço.

Será possível que o cadáver na banheira seja Sir Reuben Levy? É o que pensa o responsável pela investigação, o inspector Sugg. Afinal o cadáver até tem parecenças com Sir Reuben Levy... Mas Lord Peter Wimsey, atraído para o caso por um telefonema da sua mãe, a Duquesa de Denver, não acredita, apesar de achar que ambos os casos estão relacionados.

Já tinha lido um mistério protagonizado por Lord Peter Wimsey, O Crime Exige Propaganda, e tinha muita curiosidade em ler mais livros desta série. Mas não gostei tanto deste O Mistério de Battersea como gostei do anterior. Penso que se deva ao facto deste ser o primeiro livro da série e, por isso, as personagens não se encontrarem tão desenvolvidas.

O Lord Peter Wimsey de O Mistério de Battersea não me impressionou tanto como havia impressionado em O Crime Exige Propaganda, mas há nele algo que me lembra o Patrick Jane da série O Mentalista. Ambos são ricos, muito inteligentes e intuitivos, e gostam de recorrer a truques e armar ciladas para provar as suas teorias.

O Mistério de Battersea não será o meu favorito da série, mas tenciono continuar a ler os livros, até porque sei que Lord Peter Wimsey irá crescer como personagem. Não será é muito fácil encontrar os livros em português porque julgo que já não são editados.

Um pormenor que achei curioso e que encontrei enquanto pesquisava mais informação sobre a obra, é que a autora era bastante arrojada para a época. No manuscrito original que submeteu para publicação, Lord Peter Wimsey identificava positivamente o cadáver como não sendo Sir Reuben Levy porque este é judeu e o cadáver não se encontra circuncidado. O seu editor considerou esta identificação demasiado franca e na versão publicada a identificação é feita pelo facto das mãos do cadáver não serem as de um financeiro por se encontrarem calejadas.

Classificação: 3

-------------------------------------------------------------------

Este livro conta para os Desafios Spring Reading Thing 2012, Mount TBR 2012Cruisin' thru the Cozies 2012, Mystery & Suspense 2012 e Vintage Mystery Reading 2012.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Friday's Photo (58)

Fonte

Bom fim de semana e boas leituras!

quarta-feira, 28 de março de 2012

Isabel Allende vence prémio Hans Christian Andersen

Fotografia © Jonathan Ernst / Reuters (retirada daqui)
Isabel Allende foi a vencedora da segunda edição do prémio Hans Christian Andersen de Literatura "pelas suas qualidades como narradora mágica e pelo seu talento para enfeitiçar o público", sucedendo, assim, a J.K. Rowling.

Não podia concordar mais! :)

Informação retirada daqui

terça-feira, 27 de março de 2012

Teaser Tuesday (58)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"Repare que o bigode do Hitler tinha muita piada no Charlot. E o bigode do Charlot era abominável num Hitler. Uma coisa igualzinha, se mudarmos o contexto, determina a nossa alegria ou a nossa tragédia."
~ p. 98, “A Boneca de Kokoschka” de Afonso Cruz

domingo, 25 de março de 2012

Opinião: "Nome de Guerra"

Autor: José de Almada de Negreiros
Editor: Assírio & Alvim
Edição/reimpressão: Maio de 2004
ISBN: 9789723706529
Páginas: 176

Sinopse: “Nome de Guerra”, escrito em 1925, é o romance de iniciação de um jovem provinciano proveniente de uma família abastada. Quando o tio de Luís Antunes o envia para Lisboa, ao cuidado do seu amigo D. Jorge (descrito como “bruto como as casas e ordinário como um homem”), com o propósito de o educar nas “provas masculinas”, não imaginava o desenlace de tal aventura. Apesar de, na primeira noite, D. Jorge ter ficado convencido da inutilidade dos seus préstimos, Antunes concluiu que o “corpo nu de mulher foi o mais belo espectáculo que os seus olhos viram em dias de sua vida”, decidindo-se a perseguir Judite. Esta “via perfeitamente que o Antunes não estava destinado para ela”, mas “não lhe faltava dinheiro e dinheiro é o principal para esperar, para disfarçar, para mentir a miséria e a desgraça”. Assim se inicia a história de Luís Antunes e Judite, que terminará com a prodigiosa e desconcertante frase, “não te metas na vida alheia se não queres lá ficar”.
Sinopse retirada daqui 

A minha opinião: Li este livro por causa da Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal. Mas não gostei. Achei a história entediante e a escrita também não foi ao meu gosto.

E o pior é que achei que a história até tinha potencial: rapaz chega a Lisboa vindo da província e encanta-se com uma prostituta que aí conhece. A partir daqui achei que a história podia seguir dois caminhos possíveis, ambos com um final trágico, mas ambos aceitáveis (não vou descrever quais são para não estragar a história a quem não leu). Mas a direcção que o autor resolveu escolher não me convenceu. No final o protagonista perde-se em considerações filosóficas, mas não me pareceu que tivesse aprendido alguma coisa com tudo o que lhe aconteceu...

Achei que teve um final morno, nem feliz, nem dramático e, por isso, um final nada memorável.

Classificação: 1

sexta-feira, 23 de março de 2012

Friday's Photo (57)

Fonte
Sim, é praticamente o mesmo! ;)

Bom fim de semana e boas leituras!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Opinião: "Heat Wave"

Autor: Richard Castle
Editor: Hyperion
Série: Kikki Heat #1
Edição/reimpressão: 2011
ISBN: 9780786891412
Páginas: 248

Sinopse: Mystery sensation Richard Castle, blockbuster author of the wildly best-selling Derrick Storm novels, introduces his newest character, NYPD Homicide Detective Nikki Heat. Tough, sexy, professional, Nikki Heat carries a passion for justice as she leads one of New York City's top homicide squads. She's hit with an unexpected challenge when the commissioner assigns superstar magazine journalist Jameson Rook to ride along with her to research an article on New York's Finest. Pulitzer Prize-winning Rook is as much a handful as he is handsome. His wise-cracking and meddling aren't her only problems. As she works to unravel the secrets of the murdered real estate tycoon, she must also confront the spark between them. The one called heat.

A minha opinião: Já falei da série Castle aqui e aqui e penso que já deu para perceber que é uma das minhas séries preferidas! Foi com muita expectativa que iniciei a leitura deste livro e não fiquei decepcionada.

Para quem não acompanha a série, Richard Castle é o protagonista masculino, um escritor que começa a acompanhar uma detective da polícia nova-iorquina, Kate Beckett, procurando inspiração para uma nova série de livros policiais. Na série, Castle escreve e publica vários livros desta série, sendo Heat Wave o primeiro. No que considero uma brilhante estratégia de marketing, os livros foram encomendados a um escritor fantasma e são comercializados como tendo sido escritos pelo próprio Richard Castle.

Também no livro Jameson Rook é um escritor (jornalista) que acompanha a detective da polícia nova-iorquina, Nikki Heat, como pesquisa para um artigo que irá escrever. O livro acaba por parecer mais um episódio da série, na medida em que as personagens do livro são claramente inspiradas nas personagens da série. Foi impossível não visualizar a Nikki Heat como Stana Katic, a actriz que interpreta Kate Beckett ou Jameson Rook como Nathan Fillion, o actor que interpreta Richard Castle, e o mesmo para as restantes personagens secundárias.

Quanto à história propriamente dita, não é original, mas entretém. Um empresário da construção civil aparece morto numa queda do seu apartamento no sexto andar. Suicídio ou homicídio? Homicídio, pois claro. Surgem os suspeitos e os motivos do costume (ciúmes, dívidas, heranças) e, no final, a detective Heat descobre o culpado.

A interacção entre Heat e Rook também é muito semelhante à de Beckett e Castle na série, mas, ao contrário destes, Heat e Rook não perdem tempo a assumir a atracção que sentem um pelo outro.

Continuo a preferir as personagens da série, acho Beckett uma personagem bastante mais atormentada pelo passado do que Heat e o facto de Rook ser um jornalista e não um escritor de ficção limita um bocado a sua imaginação. Senti também a falta da filha de Castle.

Em suma, não se trata de uma obra prima do policial e provavelmente não sobreviverá após o final da série, mas gostei e vou continuar a ler os livros. Recomendo sobretudo a fãs da série televisiva.

Classificação: 3

-------------------------------------------------------------------

Este livro conta para os Desafios Mystery & Suspense 2012 e Mount TBR 2012.

Theme Thursday - Movimento

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - MOVIMENTO

"Falou com arfadas apressadas, como se tivesse corrido violentamente e de longe. Parker desceu imediatamente do táxi."

~ p. 137, “O Mistério de Battersea" de Dorothy L. Sayers

TAG - 11 Perguntas

A Rita do A Magia dos Livros desafiou-me a responder a esta TAG, por isso cá vai...

1 - Se tivesses de te definir em 5 palavras quais seriam?
Introvertida, teimosa, realista, desenrascada e desastrada.

2 - És feliz na profissão que exerces?
Sou. Tenho a felicidade de trabalhar na profissão que escolhi. Há dias melhores e dias piores, mas acredito que aconteça em qualquer profissão.

3 - Qual é a profissão com que mais te identificas?
A minha, geógrafa. Praticamente todos os fenómenos podem ser estudados pela sua distribuição espacial e, por isso, caem na esfera da Geografia. É uma ciência que engloba muitas outras ciências.

4 - Se fosses uma personagem da BD qual serias?
A Margarida. É uma mulher (ou melhor dizendo, pata) moderna, forte e apaixonada que tem uma paciência infinita para as peripécias em que o Donald se mete.

5 - Qual o livro que mais te marcou até hoje?

Esta é complicada. Vários livros me marcaram em diferentes fases da vida. Mas vou escolher "A Lua de Joana" de marcou a minha adolescência e "Vai Aonde Te Leva o Coração" de Susanna Tamaro que marcou o início da idade adulta.

6 - Qual o último livro adquirido (comprado, trocado ou oferecido)?
Como chegaram todos no mesmo dia: "O Diario de Bridget Jones" de Helen Fielding (trocado), "Nome de guerra" de José de Almada de Negreiros e "As Serviçais" de Kathryn Stockett (ambos comprados).

7 - Qual a última música ouvida?
Hunger Strike dos Temple of the Dog.

8 - Qual a música que mais te toca?
Não tenho um género preferido. Geralmente gosto mais de música que tem algo a dizer, uma mensagem, musicas tolinhas que ficam no ouvido não me dizem muito. Sou parcial à música dos anos 90, sobretudo ao Grudge. Duas músicas que me tocam bastante: Better Man dos Pearl Jam e Luka da Suzanne Vega.

9 - Com que animal mais te identificas?
Golfinhos. 

10 - O que estás a fazer neste preciso momento?
A aproveita a hora de almoço para responder à tag. 

11 - Sem olhares para o relógio, que horas são?
13:10h - falhei por um minuto...


Regras:
1. Criar um post e responder às questões de quem te deu a TAG no post;
2. Criar 11 novas perguntinhas diferentes para passar adiante;
3. Escolher 11 bloggers para dar a TAG e colocar o link dela no post;
4. Ir para a página das bloggers selecionadas e dizer-lhes que foram tagueadas;
5. Não se pode taguear a blogger que nos indicou a TAG;
6. Avisar a blogger que nos passou a TAG quando fizermos o post sobre a mesma.

As minhas perguntas:
1 - Qual a tua melhor qualidade?
2 - Qual o teu maior defeito?
3 - Tens a profissão que querias ter quando crescesses?
4 - Se não tivesses a profissão que tens, qual gostarias de ter?
5 - Qual a tua recordação de infância, ligada aos livros, mais antiga?
6 - Que livro estás a ler neste momento?
7 - Qual foi o filme que mais te marcou?
8 - Qual é a tua banda preferida?
9 - Qual foi a última coisa que comeste?
10 - Qual é a tua especialidade culinária?
11 - Os zombies vão atacar. O objecto à tua direita será a tua arma contra eles. O que é?

Desafio os seguintes blogs:
A viajante...
Biblioteca privada
Cuidado Com o Dálmata
Este meu cantinho...
Horizonte dos Livros
Leituras de A a B
Livros, Livros e mais Livros
Mil Estrelas No Colo
monster blues
My Imaginarium
Refúgio dos Livros

quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia Mundial da Árvore e da Poesia

Fonte

Quando Vier a Primavera  

Quando vier a Primavera,
Se eu já estiver morto,
As flores florirão da mesma maneira
E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada.
A realidade não precisa de mim.

Sinto uma alegria enorme
Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma

Se soubesse que amanhã morria
E a Primavera era depois de amanhã,
Morreria contente, porque ela era depois de amanhã.
Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo?
Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo;
E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse.
Por isso, se morrer agora, morro contente,
Porque tudo é real e tudo está certo.

Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem.
Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele.
Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências.
O que for, quando for, é que será o que é.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos" 

Fonte 

Dia Mundial da Trissomia 21

Porque hoje se comemora o Dia Mundial da Trissomia 21, deixo aqui a seguinte divulgação:

O nascimento do Vicente transformou tudo e todos à sua volta. (…) Tinha trissomia 21. O dia do seu nascimento foi o acto inaugural de mil desafios, mas também o início de vidas maiores que se escondiam no conforto e na previsibilidade dos dias. Às vezes a felicidade veste-se de breu só para que o sol brilhe mais quando rompe a alva”. E assim começa não só a vida do protagonista, e, simultaneamente, narrador e ilustrador deste conto, como também o livro “À Procura de um Lugar”, da Alphabetum Edições Literárias. A obra baseia-se na realidade da autora, Fátima Marinho, tia de um menino com trissomia 21 – uma deficiência genética que afecta, segundo se estima, um em cada 800 a 1.000 recém-nascidos, e que se recorda na terça-feira, 21 de Março, Dia Mundial da Trissomia 21.

Parte das receitas do livro reverte para a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 (APPT21). Aliás, é o director clínico da instituição, Miguel Palha, que assina o prefácio, onde salienta: "A revelação, aos pais, de que o bebé tem estigmas de uma doença grave, deve ser feita pelo pediatra, em ambiente de estrita privacidade, e só após se ter estabelecido um bom vínculo afectivo entre os pais e o filho, por forma a reduzirem- se as possibilidades de rejeição... Muitos desses sentimentos inaugurais aparecem expressos em 'À Procura de um Lugar', que é também um convite à entrada no mundo da compreensão do que, à partida, surge como incompreensível. As crianças diferentes desafiam tudo, até a ternura."

À Procura de um Lugar” foi a primeira obra de ficção de Fátima Marinho que, recentemente, lançou o seu terceiro livro, também pela Alphabetum Edições Literárias. Conta a história de Vicente, um menino com Trissomia 21, que transforma as vidas de todos os que o rodeiam.

Sometimes, I feel like Superman”, costuma dizer este super-herói.

terça-feira, 20 de março de 2012

Teaser Tuesday (57)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"O Inspector Sugg foi chamado de novo. Poderia informar o júri sobre as diligências realizadas para identificar o corpo?"
~ p. 93, “O Mistério de Battersea” de Dorothy L. Sayers

Desafio Spring Reading Thing 2012


This post will be written in Portuguese and English.

O desafio Spring Reading Thing é organizado pelo blog Callapidder Days e consiste, basicamente, em ler na Primavera (de 20 de Março a 20 de Junho). As regras são muito simples e este ano vou aproveitar este desafio para adiantar os outros desafios em que me inscrevi...

Nesta Primavera proponho-me ler 7 livros e terminar o que estou a ler neste momento. Tal como pedem as regras, aqui fica a lista:
O Mistério de Battersea, de Dorothy L. Sayers (terminar) - terminado
A Boneca de Kokoschka, de Afonso Cruz - terminado
Naked Heat, de Richard Castle - terminado
O Segredo da Casa de Riverton, de - terminado
Filha da Fortuna, de Isabel Allende
Mão Direita do Diabo, de - terminado
O Mistério do Quarto Amarelo, de - terminado
- terminado

Esta lista é apenas provisória e poderá ser alterada ao longo do desafio.


The Spring Reading Thing challenge is hosted by Callapidder Days and it consists, basicaly of reading in the Spring (March 20th, through June 20th). The rules are very simple and this year I'm going to use this challenge to advance on the other challenges I signed up for...

This Spring I challenged myself to read 7 books and finish the one I'm currently reading. As stated by the rules, here is the list of books I plan to read:

Whose Body?, by Dorothy L. Sayers (finish) - finished
A Boneca de Kokoschka, by Afonso Cruz - finished
Naked Heat, by Richard Castle - finished
The House at Riverton, by - finished
Daughter of Fortune, by Isabel Allende
Devil's Right Hand, by - finished
The Mystery of the Yellow Room, by - finished
- finished

This list can be altered throughout the challenge.

Conto: "Hysteria"

Autor:
Edição/reimpressão: Janeiro de 2009
Páginas: 24
Smashwords Edition (Ebook gratuito)

Sinopse: England, 1860, and by her mother’s orders Constance is in treatment for Hysteria. She never complains. Until a new doctor takes over and threatens the only pleasure she knows in life.
 
A minha opinião: Um conto muito mauzinho que não recomendo de todo! Basicamente é a história de Constance, uma moça de 25 anos, solteira, e que é submetida a "tratamentos" para a sua histeria, tratamentos esses que não são mais do que masturbação medicamente assistida. Aparentemente era prática comum na época pois não faltavam "pacientes" no consultório. A mim pareceu-me que a histeria era fingida para garantir os tratamentos...

O médico sugere um outro médico, mais radical, a mãe passa-se quando chegam a casa e tranca Constance no quarto, o novo médico irrompe pela casa qual cavaleiro andante e salva-a, levando-a para viver no seu palácio, perdão, na sua casa. O conto termina com Constance curada e casada com o médico.

Classificação: 1

segunda-feira, 19 de março de 2012

A capa mais bonita (43)

A capa mais bonita é uma rubrica semanal do Tantos Livros Tão Pouco Tempo (inspirada na rubrica Cover Vs Cover do blog Library Mosaic) na qual cada semana é escolhido um livro e são comparadas a capa da edição original (sempre que possível) e a capa da edição portuguesa e, através de uma votação, é elegida a capa mais bonita.

Na última edição, a capa vencedora foi a capa inglesa de O Nascimento de Vénus com 9 votos contra 1.

Esta semana comparamos as edições original e portuguesa de Rostos na Multidão de Valeria Luiselli. O motivo porque escolhi este livro foi por achar caricato que um livro chamado Rostos na Multidão tenha na capa uma mulher de costas... Por isso tive curiosidade em procurar a capa original e esta não podia ser mais diferente! Fiquei curiosa em saber qual será mais fiel à história...

Capa Mexicana
Capa Portugal
l l l l l l l l l l l l l l l l l
Qual a capa mais bonita?

  
pollcode.com free polls 

sábado, 17 de março de 2012

Resultado do passatempo "Ama-me sem me suportares"

Muito obrigada a todos os que participaram neste passatempo promovido com o apoio da Alphabetum Editora.

A vencedora é:
14 - Angelina Violante

Muitos parabéns à vencedora!

Prémios Dardos e Kreativ Blogger

Quero começar este post com um pedido de desculpas por ter demorado tanto tempo a agradecer estes prémios, mas como já devem ter percebido, o blog anda um bocado parado...


A e a Carla M. Soares ofereceram o selo Kreativ Blogger ao Tantos Livros Tão Pouco Tempo. Muito obrigada a ambas! 

Regras da Tag:
- Dizer quem enviou
- Responder à tag
- Enviar o selinho a dez blogues 

Nome da minha música favorita:
É difícil escolher uma só, mas uma das minhas preferidas é Landslide (não estavam à espera, pois não?) na versão dos Smashing Pumpkins (o original é dos Fleetwood Mac). Digam lá se não é linda... 

Nome da minha sobremesa favorita:
Arroz doce.

O que me tira do sério:
Ui, tanta coisa... Mas sobretudo pessoas hipócritas, convencidas e/ou com a mania que são melhores que os outros. 

Quando estou chateada:
Acho que a minha reacção depende do motivo pelo qual estou chateada, mas geralmente sento-me em frente à TV ou vou ler até me passar.

Qual o meu animal de estimação favorito:
Actualmente não tenho nenhum, mas já tive gatos. 

Preto ou Branco:
Preto. 

Maior medo:
Cães. 

Atitude quotidiana:
Actuar de acordo com a minha consciência, de modo que não hajam problemas de consciência que me tirem o sono à noite. 

O que é perfeito?
Eu acho que a perfeição não existe. Mas há muitas coisas que andam lá perto: uma tarde a ler na praia ou em casa enroscada num cobertor, uma tarde com os amigos na esplanada, passar o Natal em família.


Sete factos aleatórios sobre mim:
  1. Tenho medo de cães devido a um trauma de infância.
  2. Sempre adorei receber livros, mesmo em miúda preferia-os às bonecas.
  3. Sempre adorei a escola e estudar.
  4. Adoro viajar, embora não viaje tanto quanto gostaria.
  5. Adoro mapas e globos.
  6. Tenho o hobby das artes decorativas.
  7. Adoro ver séries televisivas. Acompanho tantas que às vezes os horários sobrepõem-se e tenho de recorrer a gravações...


O Prémio Dardos foi-me oferecido pelas bloggers Carla M. Soares, e Leitora. Muito obrigada! 

"O Prémio Dardos reconhece os valores que cada blogueiro mostra em cada dia no seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais....que, em suma, demonstram a sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre as suas letras, entre as suas palavras." 

A aceitação deste reconhecimento implica três regras:
1 - Se aceitar, exibir a imagem.
2 - Linkar o blog do qual recebeu o prémio.
3 - Escolher 15 blogs para entregar o Prémio Dardos.


Vou fazer batota, até porque estes prémios já andam a circular há algum tempo e vou oferecê-los aos blogs que visito com frequência e que estão identificados na coluna da direita, incluindo os blogs que mos ofereceram.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Friday's Photo (56)


Bom fim de semana e boas leituras!

quinta-feira, 15 de março de 2012

Theme Thursday - Comida

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - COMIDA (bebida, comer ou beber)

"- Meu caro amigo, estou encantado por vê-lo. Que horrorosa noite de nevoeiro, não está? Bunter, traz mais desse admirável café, outro copo e charutos."

~ p. 25, “O Mistério de Battersea" de Dorothy L. Sayers

domingo, 11 de março de 2012

Opinião: "O Nascimento de Vénus"

Título original: The Birth of Venus
Autor: Sarah Dunant
Tradutor: Sofia Gomes
Editor: Edições Asa
Edição/reimpressão: Janeiro de 2012
ISBN: 9789892316734
Páginas: 416

Sinopse: Alessandra Cecchi tem quase quinze anos quando o pai, um próspero mercador de tecidos, contrata um jovem pintor para pintar um fresco na capela do palazzo da família. Alessandra é uma filha da Renascença, tem uma mente precoce e um temperamento artístico… e rapidamente fica inebriada pelo génio do pintor.
Muitos anos depois, a irmã Lucrezia morre no convento onde passou grande parte da sua vida. Perplexas, as outras freiras observam a estranha serpente tatuada no seu corpo.
É que, antes de entrar para o convento, a irmã Lucrezia era Alessandra. Jovem, bela e inteligente, ela viveu o esplendor e luxo da Florença renascentista, conviveu com os ricos e poderosos, criou, amou, transgrediu... Como foi ela parar àquele convento? O que significa a tatuagem na sua pele? Quais foram afinal as causas da sua morte?

Romance de amor, mistério e arte, O Nascimento de Vénus dá-nos a conhecer um irreverente elenco de mulheres inesquecíveis, que nos abrem as portas da Florença renascentista, um dos mais formidáveis centros de cultura e arte da história da humanidade.

A minha opinião: Este foi um livro sobre o qual tive bastante dificuldade em escrever e julgo que essa dificuldade se prende, sobretudo, com o medo que tenho de não conseguir transmitir correctamente o quanto achei este livro é especial...

Para começar, passa-se num dos poucos períodos históricos que gostei de estudar, o Renascimento. As aulas de História nunca foram as minhas favoritas, mas o Renascimento marcou-me (e pude comprovar que realmente aprendi nessas aulas, pois lembrava-me de vários acontecimentos históricos que a autora refere no livro), bem como tudo o que se relacionasse com História da Arte.

A autora enquadra a história que nos conta com a queda dos Médicis e a ascensão e posterior queda de Savonarola, um período muito conturbado na cidade de Florença onde a acção se passa. A história é-nos contada pela perspectiva de Alessandra, uma adolescente rebelde e pouco feminina, uma rapariga à frente do seu tempo, que pinta, lê, discute filosofia, tem opiniões e não se coíbe de as expressar. Ao contrário da sua irmã mais velha, Alessandra não tem qualquer interesse em casar e sonha com um convento onde possa ler e pintar à vontade.

No início da história, o pai de Alessandra trás consigo de uma das suas viagens um jovem pintor (na altura era comum as famílias de posses patrocinarem artistas) e imediatamente Alessandra tenta a todo o custo estabelecer contacto com ele o que não é fácil, não só porque as jovens não podiam falar com homens que não fossem membros da família, mas também porque o pintor, criado num convento, é extremamente tímido.

Mas eis que Florença é invadida por Carlos VIII, rei de França, e para evitar ser enviada para um convento e para longe da sua família, Alessandra aceita casar com o primeiro pretendente que aparece, um homem bastante mais velho, mas culto e que permite e até encoraja Alessandra a continuar a pintar. Mas este casamento tem um segredo que é descoberto por Alessandra tarde de mais e que irá condicionar todo o seu futuro.

E pronto, não conto mais, se quiserem descobrir como é que Alessandra se transforma na irmã Lucrezia terão de ler o livro. E penso que não se irão arrepender... Este é um dos melhores romances históricos que já li.

Resta dizer que o clima de medo e repressão dos florentinos sob o jugo de Savonarola está muito bem explorado e até há uma série de mortes misteriosas e macabras a acontecer em Florença!

Só tenho uma coisinha a apontar e tem a ver com a modelo escolhida para a capa. Mas quem é que é suposto ser aquela loura? A Alessandra não é de certeza, já que tem o cabelo "negro como um corvo"...

Classificação: 5

sexta-feira, 9 de março de 2012

Friday's Photo (55)

Fonte
Bom fim de semana e boas leituras!

quinta-feira, 8 de março de 2012

Theme Thursday - Data de Nascimento

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - DATA DE NASCIMENTO

«When she turned back, Rook had curled his hands to form skin binoculars and was sighting up the building overlooking the café. "I call the balcony on six."»

~ p. 5, “Heat Wave" de Richard Castle

quarta-feira, 7 de março de 2012

On My Wishlist (11)

On My Wishlist é uma rubrica semanal, organizada pela Carolyn do blog Book Chick City, na qual irei listar as novas adições à minha lista de desejos, quer se tratem de novidades ou de clássicos.

Depois de ler muitas opiniões positivas sobre os livros de Julia Quinn em vários blogs nacionais, fiquei com muita vontade de experimentar esta autora. Agora que vai finalmente ser publicada em português, acho que não vou perder a oportunidade...

Título: Crónica de Paixões & Caprichos
Autor: Julia Quinn
Sinopse: As mães casamenteiras da alta sociedade londrina estão ao rubro: Simon Bassett, o atraente (e solteiro!) duque de Hastings, está de volta a Inglaterra. O jovem aristocrata mal sabe o que o espera pois a perseguição das enérgicas senhoras é implacável. Mas Simon não pretende abdicar da sua liberdade tão cedo… Igualmente atormentada pela pressão social, a adorável Daphne Bridgerton sonha ainda com um casamento de amor, embora a sua espera por um príncipe encantado comece já a ser alvo de mexericos. Juntos, os jovens decidem fingir um noivado, o que garantirá paz e sossego a Simon e fará de Daphne a mais cobiçada jovem da temporada. Mas, entre salões de baile e passeios ao luar, a paixão entre ambos rapidamente deixa de ser ficção para se tornar bem real. E embora Daphne comece a pensar em alterar ligeiramente os seus planos iniciais, Simon debate-se com um segredo que pode ser fatal…

terça-feira, 6 de março de 2012

Passatempo “Ama-me sem me suportares!”

Com o apoio da Alphabetum Editora, o Tantos Livros Tão Pouco Tempo dá início ao seu primeiro passatempo. Para oferecer tenho um exemplar de “Ama-me sem me suportares!” de Fátima Marinho.

Para participar só têm de responder correctamente às seguintes perguntas e esperar que a sorte vos sorria!

O passatempo termina às 23:59 de 15 de Março.

As regras são as seguintes:
  1. Só é aceite uma participação por pessoa e só de habitantes em Portugal;
  2. O vencedor será sorteado aleatoriamente (através do Random) de entre todas as participações com a totalidade das respostas correctas;
  3. O vencedor será notificado por email e anunciado aqui no blog;
  4. O livro será enviado pela editora, não sendo a mesma, nem o blog, responsáveis por possíveis extravios nos correios.
 As respostas podem ser encontradas aqui.


Teaser Tuesday (56)

Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pela MizB do blog Should Be Reading.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao calhas
  • Partilhar duas frases dessa página. CUIDADO PARA NÃO INCLUIR SPOILERS!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read). 

O meu teaser esta semana:
"Heat had known on sight that this guy was going to take some work. He didn't even look at her shield when she walked in, didn't ask for his lawyer."
~ p. 31, “Heat Wave” de Richard Castle

A capa mais bonita (42)

A capa mais bonita é uma rubrica semanal do Tantos Livros Tão Pouco Tempo (inspirada na rubrica Cover Vs Cover do blog Library Mosaic) na qual cada semana é escolhido um livro e são comparadas a capa da edição original (sempre que possível) e a capa da edição portuguesa e, através de uma votação, é elegida a capa mais bonita.

Na semana passada, a capa vencedora foi a capa portuguesa de Por Um Fio com 9 votos contra 2.

Esta semana comparamos as edições original e portuguesa de O Nascimento de Vénus de Sarah Dunant. A capa portuguesa é a da primeira edição em Portugal, da Saída de Emergência. Sem dúvida acho a capa original mais bonita. Mesmo comparando com as edições mais recentes, da Saída de Emergência e da Asa (alguém me diz, por favor, quem é que é suposto ser a loura da capa da Asa?), prefiro a capa original. E vocês, que acham?

Capa Inglesa
Capa Portugal
l l l l l l l l l l l l l l l l l
Qual a capa mais bonita?
  
pollcode.com free polls 

sexta-feira, 2 de março de 2012

Friday's Photo (54)

Fonte
E o vosso?
Bom fim de semana e boas leituras!

quinta-feira, 1 de março de 2012

Theme Thursday - Nome

Theme Thursdays é uma rubrica semanal, que funciona de quinta a quinta, organizada pela kavyen do blog Reading between Pages.

Todos podem participar! Estas são as regras:
  • Um tema será colocado online todas as semanas (à quinta)
  • Pegar no livro que estamos a ler e escolher uma conversa/fragmento/frase
  • Mencionar o autor e o título do livro no post
  • É importante que o tema seja mencionado na frase (embora esta não tenha, necessariamente, de conter a palavra)

O tema desta semana é - NOME

"They stepped out into the afternoon scorch, where Raley and Ochoa's shirts had soaked clean through. "What have you got, Roach?"

~ p. 12, “Heat Wave" de Richard Castle