domingo, 28 de fevereiro de 2010

Opinião: "História de O"

Título original: Histoire d'O
Autor: Pauline Reage
Tradutor: Regina Estevão
Colecção: Livros Proibidos
Editor: Impresa Publishing (Visão)
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 180

Sinopse: Clássico do género erótico e uma das obras de referência para um certo imaginário do sadomasoquismo moderno. Publicado em França em 1954, História de O centra-se na personagem de uma fotógrafa de moda parisiense e do seu quotidiano como escrava sexual, por opção. Além de provocar um grande escândalo na época, este livro - que seria um grande sucesso de vendas - marca uma nova abordagem sobre a sexualidade feminina, abrindo caminho aos movimentos feministas de libertação dos anos 60.

A minha opinião: Foi a minha primeira incursão no género e não posso dizer que tenha ficado fã. História de O consiste basicamente num relato de episódios vividos por O desde que o seu amante a introduz no universo do sadomasoquismo. Por mais que tente manter uma mente aberta, não consigo compreender o que poderia levar alguém a sujeitar-se a todas as humilhações e violações a que O se sujeita. Aparentemente por amor, no entanto quando um dominador mais poderoso que o seu amante surge em cena, esse amor acaba por se transferir, o que parece indicar que a justificação para a sujeição é o prazer que a humilhação e a violência lhe proporcionam.

Também o final desapontou por não existir propriamente um final. Existe apenas uma referência a um capítulo final que terá sido suprimido e a um final alternativo ao suprimido. Sei que existe uma sequela e talvez aí se fique a saber o final da história, mas não fiquei com vontade de ler...

Classificação: 2

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Opinião: "O Último Caso de Trent"

Título original: Trent's Last Case
Autor: E. C. Bentley

Série: Phillip Trent #1
Tradutor: Baptista de Carvalho
Colecção: 9mm nº10
Editor: Público
Edição/reimpressão: 2005
ISBN: 8498192617
Páginas: 224

Sinopse: Philip Trent, um jornalista freelancer, é impelido pelo seu editor a investigar a misteriosa morte do milionário americano Sigbee Manderson, alvejado perto de um campo de golfe. Porém, o que ele descobre nunca chega a ser publicado. O Último Caso de Trent (1912) do jornalista e humorista inglês Eric Clerihew Bentley (1875-1956), é o primeiro policial onde surge a personagem de Trent. Saído da imaginação daquele que é considerado um dos mestres do género policial, Trent é um detective dos tempos modernos, bon vivant, e com gostos caros.


A minha opinião: Quando Trent aceita investigar o assassinato de Manderson estava longe de saber o impacto que essa investigação teria na sua vida. Rapidamente percebemos que ninguém gostava realmente de Manderson, nem mesmo a sua mulher, mas se parecem não faltar possíveis suspeitos, todos parecem ter álibis para a hora do crime... Descobrir o culpado revela-se fácil para Trent, mas a decisão de publicar ou não essa descoberta revela-se bastante mais difícil.


Gostei bastante deste mistério e também do detective. O seu método baseia-se sobretudo na observação, mas também recorre a técnicas mais modernas como a recolha de impressões digitais. O autor foi capaz de manter o mistério até ao fim pois, apesar do nome do culpado nos ser revelado a meio do livro, fiquei sempre com a sensação de que algo não batia certo, de que havia algo mais. O twist final, ainda que não totalmente inesperado, foi muito interessante. Fiquei com vontade de ler mais aventuras de Trent, mas infelizmente não parecem existir mais livros do autor traduzidos para português...

Classificação: 3

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Promoção Bertrand Online

Durante o período de pré-venda (lançamento nacional dia 26 de Fevereiro), na compra online do novo livro de Roberto Bolaño "O Terceiro Reich", a Bertrand oferece um Pin 2666 + o livro "Um Caso com o Demónio", de Tony Belloto, como oferta.

Oferta exclusiva em encomendas efectuadas e pagas online em www.bertrand.pt durante o período de pré-venda e limitada ao stock existente.

Novidades Europa-América














A Europa-América irá editar em Março os livros Alice no País das Maravilhas e Alice do Outro Lado do Espelho, de Lewis Carroll. Estas serão edições integrais com as ilustrações originais, por 13.50€ cada.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Roupa literária II

Nem de propósito. Depois de deixar aqui o post sobre as t-shirts alusivas à obra Alice no País das Maravilhas descubro agora a Out of Print Clothing, com as suas t-shirts alusivas a grandes clássicos da literatura.

Aqui ficam alguns exemplos do que por lá se vende...

Opinião: "Visto do Céu"

Título original: The Lovely Bones
Autor: Alice Sebold
Tradutor: Ribeiro da Fonseca
Editor: Casa das Letras
Edição/reimpressão: 2009
ISBN: 9789724619477
Páginas: 264

Sinopse: Susie Salmon tem o olhar vivo e irrequieto dos seus catorze anos. Observa o desenrolar da vida: os colegas da escola, a família, o lento passar dos meses e das estações. Está tudo muito calmo, tudo parece muito acolhedor. Um único pormenor desmente tanta placidez: é que, de facto, Susie já morreu. Estranhamente, o céu parece-se muito com o recreio da escola, nem sequer faltam os baloiços. A pouco e pouco, Susie compreende que é o centro das atenções: os colegas comentam os rumores sobre o seu desaparecimento, a família ainda acredita que ela poderá ser encontrada, o assassino tenta esconder as pistas do seu crime...

A minha opinião: Um olhar diferente sobre a vida após a morte. Visto do céu conta-nos a história de Susie Salmon, uma jovem de 14 anos que é violada e assassinada por um vizinho e que, a partir daí, passa a observar a sua família, amigos e até o seu assassino do seu céu. Mas é também, e sobretudo, uma história sobre as diferentes formas de lidar com a perda de um ente querido e sobre o impacto que uma vida (ou, neste caso, a sua ausência) tem em tantas outras vidas. Apesar de ser uma história triste, a forma como a autora a conta não é piegas, nem promove a lágrima fácil. No final, o sentimento predominante foi a esperança. Esperança na capacidade de cura do ser humano, na sua capacidade de ultrapassar a perda e de se reinventar e, em última análise, de sobreviver.


Classificação: 4

Opinião: "Jogo Macabro"

Título original: Dead Man’s Folly
Autor: Agatha Christie

Série: Hercule Poirot #31
Tradutor: Arminda Pereira
Colecção: Obras de Agatha Christie nº 37
Editor: Edições Asa
Edição/reimpressão: 2007
ISBN: 9789724145754
Páginas: 192

Sinopse: Sir George e Lady Stubbs, os anfitriões de uma festa numa casa de campo, têm a brilhante ideia de encenar um homicídio, cuja autoria os seus convivas terão de desvendar. Na sua boa fé, Ariadne Oliver, escritora de romances policiais e colaboradora ocasional de Hercule Poirot, concorda em organizar a “caça ao assassino”. Mas no último instante, Ariadne resolve pedir ajuda ao detective. Instintivamente, ela sente que algo de sinistro está prestes a acontecer. O jogo começa, só que a vítima não está a “fingir-se morta”. Para ela, a caça já acabou; para Poirot está apenas a começar…


A minha opinião: Sou uma fã incondicional dos livros de Agatha Christie, principalmente daqueles em que o caso é deslindado por Hercule Poirot. Mas devo confessar que Jogo Macabro me deixou um pouco desapontada. Não é que não seja bom, é, mas no final fiquei com a sensação que poderia ter sido melhor. A personagem de Poirot surge aqui envelhecida e não tem o protagonismo doutros livros e grande parte da história sabemo-la através das inquirições do detective da polícia encarregue do caso. Como é óbvio, é Poirot quem descobre o culpado, mas como o próprio dá a entender, em tempos idos teria chegado à resposta muito antes...


Classificação: 2

Apresentação "Evangelho do Enforcado"

A Saída de Emergência convida para a apresentação da mais recente obra de David Soares, “O Evangelho do Enforcado”, no próximo dia 24 de Fevereiro no fórum da loja FNAC do Centro Comercial Colombo, das 18H30 às 20H00.

A apresentação será realizada pelo Prof. Doutor Manuel J. Gandra, docente da cadeira Cultura Material e Símbolo, na Escola Superior de Design do IADE, e director do Centro Ernesto Soares de Iconografia e Simbólica. Autor de livros sobre simbólica e hermetismo português, como Joaquim de Fiore, Joaquinismo e Esperança Sebástica (Fundação Lusíada, 1999), A Cristofania de Ourique: Mito e Profecia (Fundação Lusíada, 2002), O Projecto Templário e o Evangelho Português (Ésquilo, 2006) e Portugal Sobrenatural (Ésquilo, 2007).

Também contará com as presenças do autor e do editor.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Novidade Quinta Essência

Título: Doces Recordações
Autor: Ellen Greene
ISBN: 9789898228253
Páginas: 210
Preço:
14.00 euros

Sinopse:
Durante vinte anos, Ellen Greene foi tomando nota de tudo o que de mais carinhoso, divertido e comovente o seu marido, Marsh, dizia e fazia. Registava esses momentos felizes em segredo e, depois, partilhava-os com ele em cada São Valentim. Nessas ocasiões, oferecia-lhe um postal com excertos retirados da sua lista de «Doces Recordações».
Tendo-se casado e divorciado quando era muito jovem, Ellen criou sozinha os seus dois filhos. Depois de mais uma relação fracassada aos trinta e poucos anos, jurou que não voltaria a relacionar-se com quem não lhe desse o devido valor. E foi então que conheceu Marsh Greene, o homem que lhe devolveu a felicidade.
Nesta sentida homenagem a um homem e a um casamento feliz, Greene intercala excertos da sua lista de «Doces Recordações» com lembranças dos anos que viveu com Marsh.
Escrito com ternura e sinceridade, Doces Recordações transmite a gentileza, o sentimento de partilha, o humor, o afecto e o profundo amor que caracterizaram o casal Greene e leva-nos a valorizar o que há de bom na vida, mesmo nas mais pequenas coisas.

À venda a partir de 24 de Fevereiro.

Roupa literária

Passei pela Bershka na sexta e não resisti...

Já tenho toilette para a estreia do filme!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Opinião: "Eclipse"

Autor: Stephenie Meyer 
Série: Twilight #3
Editor: Atom - Little, Brown Book Group
Edição/reimpressão: 2009
ISBN: 9781904233916
Páginas: 576

Sinopse: As Seattle is ravaged by a string of mysterious killings and a malicious vampire continues her quest for revenge, Bella once again finds herself surrounded by danger. In the midst of it all, she is forced to choose between her love for Edward and her friendship with Jacob - knowing that her decision has the potential to ignite the ageless struggle between vampire and werewolf. With her graduation approaching, Bella has one more decision to make: life or death. But which is which?

Following the international bestsellers Twilight and New Moon, Eclipse is the much-anticipated third book in Stephenie Meyer’s captivating saga of vampire romance.

A minha opinião: Confesso que estava céptica em relação à saga vampiresca da Stephenie Meyer. Mas uma amiga com gostos literários semelhantes garantiu-me que ia adorar. E não estava errada. Fiquei completamente agarrada à história e acabei por ler os três primeiros livros de seguida. Sim, é uma história sobre vampiros e lobisomens, mas é muito mais do que isso. É uma história sobre a magia e inevitabilidade do primeiro amor e também sobre as escolhas e os sacrifícios que por ele fazemos.


Neste terceiro livro, Bella vê-se dividida entre o seu amor por Edward e a sua amizade por Jacob (e, segundo ele, algo mais que amizade...). Com Edward de volta, Bella continua determinada em convencê-lo a aceitar o destino que escolheu. Jacob, por seu lado, está determinado em conquistá-la. A sua escolha significará sempre que alguém sairá magoado... E como se não bastasse, mais uma vez a sua vida corre perigo...


Tem bastante mais acção que os anteriores, embora não presenciemos (porque a Bella não a presencia) grande parte da acção. Gostei principalmente de nos ser apresentada a perspectiva do Edward e do Jacob na conversa entre ambos, uma vez que toda a história nos é sempre apresentada na perspectiva da Bella. Também ficamos a conhecer melhor a história de Rosalie e Jasper, o que nos permite compreender melhor a sua personalidade.


Felizmente não termina em suspenso, pelo que fico à espera da edição em capa mole do quarto e último volume da saga, Breaking Dawn.

Classificação: 4

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010